A diferença percebida pelos munícipes no trabalho dos sete partidos que afirmam pretender participar das eleições de outubro em Urussanga, definida no meio, como mobilização, esta relacionada aos objetivos ou ambições claras e praticamente unânimes dentro de cada grupo.

Mas do que histórico, estrutura e até poderio financeiro, as siglas que diferentes de outras já há algum tempo demonstram suas pretensões, tem chamado mais a atenção dos eleitores.

Realidade da mesma forma percebida com relação aos próprios pré-candidatos.

Nesse entendimento, a leitura feita até aqui, com base nos contatos feitos pessoalmente e claro também nas pesquisas de consumo interno, é que eleitor está interessado em posturas corajosas, sem segredos ou rodeios, que mesmo respeitando os limites estabelecidos para o período da pré-campanha, se mostrem convincentes para concorrer coligando ou com chapa pura, ao cargo de prefeito, vice ou vereador.