Os vereadores eleitos pelo PDT e PT respectivamente, “Tita” e “Marquinhos”, terão uma rápida passagem pela Câmara no próximo dia 17, quando acontece a eleição para a composição da nova Mesa Diretora.

Além de votarem na oportunidade, alinhados ao acordo firmado entre PP e PT lá no início dessa legislatura, que definiu os quatro presidentes do período, o qual leva agora ao cargo que conduz os trabalhos da Casa, e edil José Carlos José “Zé Bis”, os anteriormente citados irão compor a Mesa no exercício de 2021.

Legalmente, após os titulares obterem os cargos, os suplentes, no caso Braz Ciseski e Julio Bonetti, assumem esses postos provavelmente até março do ano que vem, quando os primeiros retornam.

Na denominada “janela”, “Marquinhos” deve migrar para o PSDB, enquanto “Tita” juntamente com “Taliano”, serão as referencias da nominata do PDT, entre os que buscarão uma cadeira na Câmara por aquela sigla.

Ao final dessa articulação normal no ambiente político, já no dia 18, ambos voltam as suas funções na estrutura do executivo.