Blog do Paulo Matias

Posts tagged pdt

Economia / Política

Presidente da Celesc vai receber lideranças da Amrec e Amesc na terça-feira

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT), conversou na manhã deste sábado (16) por telefone com o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins. Na pauta a transformação das 16 regionais da Celesc em apenas seis ou sete. No Sul, existe a possibilidade de Criciúma ficar submetida a criação de uma macrorregional em Tubarão.

“O presidente da Celesc confirmou que receberá uma comitiva de lideranças, principalmente, da Amrec e Amesc, nesta terça-feira para discutir o assunto. Ele adiantou que vai expor as questões legais, fazer uma demonstração do que vinha ocorrendo, e confirmar investimentos para a nossa região. Enfim, vai apresentar o plano de trabalho dessa gestão”, explica Minotto.

Durante a sexta-feira (15), o deputado Minotto manteve contato com o Secretário da Casa Civil, Douglas Borba, também para tratar do assunto. “Entendemos que essa possibilidade de mudança gera aflição já que a regional da Celesc de Criciúma é referência no Estado. Por isso nós precisamos ter essas informações claras e objetivas do que será feito, para garantir que a população não tenha prejuízo econômico, social e na prestação de serviços”, adianta o deputado.

Cultura / Política

Minotto propõe Frente Parlamentar para cobrar aplicação das bolsas do Artigo 170

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT), 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, protocolou na tarde desta quinta-feira (07), requerimento para criação da Frente Parlamentar em defesa das instituições de ensino superior legalmente habilitadas a funcionar em Santa Catarina. O objetivo é buscar o cumprimento do Artigo 170 da Constituição Estadual.

Segundo dados do Tribunal de Contas, em 2017 o Governo do Estado pagou apenas R$ 65,69 milhões dos R$ 230,93 milhões que deveriam ser investidos em bolsas para o ensino superior.

“O Artigo 170 obriga o Estado a aplicar 5% em bolsas para o ensino superior, mas em 2017 esse percentual chegou a apenas 1,42%. Nós precisamos fazer esse debate aqui na Assembleia Legislativa envolvendo as universidades comunitárias, alunos, professores e o governo. Estaremos aqui cobrando o pagamento integral do que determina a Constituição Estadual, abrindo a possibilidade para que muitos estudantes possam cursar uma faculdade”, explica o deputado Minotto.

O requerimento deve ser lido em plenário na próxima semana. “De 2012 a 2017, segundo dados do TCE/SC, o Governo do Estado deixou de aplicar R$ 815,09 milhões em ensino superior, extrapolando os limites da razoabilidade, como também apontou o Ministério Público. Isso é muito sério”, pontua o parlamentar.

Cultura / Política

Deputada Paulinha (PDT) rebate críticas à roupa que usou no dia da posse

Na primeira sessão da assembleia legislativa de Santa Catarina a parlamentar comentou, “recebi muitos elogios e críticas ao meu decote, as quais aceito humildemente, fui atacada de diversas formas, até com menção de violência, vamos representar cada uma desses comentários violentos”. A ex-prefeita de Bombinhas ainda ressaltou que Santa Catarina é o quarto estado em que as mulheres são mais maltratadas.

“É preciso romper com o ciclo terrível de violência, uma pauta de homens e mulheres”, reiterou a deputada estadual.

Ada de Luca (MDB) e Ana Caroline Campagnolo (PSL) manifestaram apoio à colega.

“Sabia que Vossa Excelência faria um pronunciamento, estamos organizando a frente parlamentar contra a tortura, foi tortura, temos livre arbítrio, temos o direito de fazermos o que quisermos”, argumentou Ada.

“Uma situação triste, ofendida por diversas formas”, avaliou Ana Caroline, que criticou a vinculação, por parte da mídia, das críticas violentas ao decote à ascensão do conservadorismo. “Como se os conservadores fossem violentos”, reagiu.

Política

Deputado Rodrigo Minotto é eleito 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) foi empossado na sexta-feira (1º), para o segundo mandato na Assembleia Legislativa. Logo depois do juramento, Minotto foi eleito como 2º vice-presidente da mesa diretora do primeiro biênio (2019/2020) da 19ª Legislatura.

Formado advogado e administrador, Minotto foi reeleito em outubro com 26.623 votos. Em seu primeiro mandato, o pedetista visitou escolas estaduais e denunciou problemas estruturais em unidades de ensino, situadas, principalmente, na região Sul. O parlamentar também defendeu a extinção das agências regionais de desenvolvimento (ADR’s).

“Pretendo manter a coerência, a transparência, e muito trabalho. Agradeço a confiança dos meus colegas deputados por essa indicação, e confio num tempo novo no Poder Legislativo ao lado do presidente, deputado Júlio Garcia. Um político honrado, experiente e que saberá conduzir os trabalhos da melhor maneira possível”, coloca Minotto.

Nascido em Criciúma, Rodrigo Minotto tem 45 anos e é advogado. Foi chefe de Gabinete do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em Brasília, quando o catarinense Manoel Dias foi ministro da Pasta. Em 2014, elegeu-se para o primeiro mandato na Alesc.

“Nosso objetivo é continuar trabalhando em prol do povo catarinense e colaborar com o governo com aquilo que for possível, dentro de medidas que possam reestruturar o Estado, buscar economia e novos investimentos, principalmente, em saúde, segurança e educação”, adiantou.

 

Política

Definidas posições na mesa da Assembleia

Durou pouco mais de uma hora a reunião que definiu os nomes dos ocupantes da única chapa que concorrerá à mesa diretora da Assembleia, e que terá o deputado Julio Garcia (PSD) como presidente.

Ficaram definidos:

Mauro De Nadal (MDB), como 1º vice;

Rodrigo Minotto (PDT), 2º vice-presidente;

Laércio Schuster (PSB, do bloco que tem o Progressistas, PRB e PV), 1º secretário;

Padre Pedro Baldissera (PT), 2º secretário;

Altair Silva (Progressistas), 3º secretário;

Nilso Berlanda (PR, que representa o bloco com o PSL), 4º secretário.

Nem o mais pessimista dos deputados acredita que outra chapa seja apresentada para disputar o comando da casa. O exímio articulador Julio Garcia construiu um acordo que não permitirá surpresas, tampouco o lançamento de alguma alternativa a cargos na mesa, conforme o especulado em torno dos nomes de Valdir Cobalchini e Moacir Sopelsa, ambos do MDB, isolados dentro da bancada, que apoia Mauro De Nadal.

A eleição da mesa será logo após a posse dos 40 deputados, 18 deles estreantes no Legislativo e três deles que já ocuparam a posição de suplentes no exercício do mandato.

Política

PDT: Mudança na assessoria parlamentar é vetada pelo titular

Foi encaminhada uma substituição na assessoria parlamentar da bancada do PDT na Câmara de Urussanga, como já era comentado nos bastidores.

No entanto, o titular da cadeira no legislativo, vereador João Batista Bom “Tita”, não concordou, houve em razão um certo mal-estar, mas predominou a decisão do atualmente diretor municipal, que embora licenciado do legislativo, é que da as cartas sobre o mandato.

Política

Reunião do PDT ainda sem data, não deve direcionar mudanças, afirma Décio

O encontro da executiva do partido que elegeu um vereador e o vice-prefeito de Urussanga, PDT. Foi cogitado no final de 2018 e transferido para o início do corrente ano, mas ainda sem data definida.

Tendo sua vaga no legislativo desde de fevereiro passado ocupada pelo primeiro suplente, uma vez que o titular da cadeira passou a compor o quadro do executivo, embora recentemente tenha sido substituído na pasta da agricultura por um ex-vereador hoje sem partido, a sigla fez parte da coligação que elegeu o atual prefeito e na câmara compõe a bancada de situação.

Segundo o presidente do partido, Décio Silva, vice-prefeito, a referida reunião não deve desencadear mudanças.

No meio político surgem indagações sobre a postura da sigla ao longo desses mais de dois anos da gestão.

 

 

 

Destaque / Política

Deputado estadual Rodrigo Minotto é diplomado para novo mandato

O deputado estadual eleito Rodrigo Minotto (PDT) foi diplomado no fim da tarde desta terça-feira (18), para a 19ª Legislatura (2019-2022) que inicia no próximo dia 1º de fevereiro. A cerimônia aconteceu no auditório Teori Zavascki, no Tribunal de Justiça, em Florianópolis.

A diplomação marca o fim do processo eleitoral e deixa os eleitos aptos para poderem tomar posse nos cargos para os quais foram escolhidos pelas urnas. Em Santa Catarina, foram 64 diplomados: governador, vice-governadora, dois senadores e seus quatro suplentes, 16 deputados federais e 40 deputados estaduais.

Reeleito na última eleição com 26.623 votos, Minotto reafirmou seu compromisso com a educação e os trabalhadores. “Além da valorização dos professores, queremos continuar lutando pela ampliação do orçamento das bolsas de estudo do artigo 170. Vamos cobrar do Governo do Estado o pagamento do percentual constitucional para que mais estudantes participem deste programa e busquem formação no ensino superior”, antecipa Rodrigo Minotto.

Política

Alesc aprova Projeto de Lei que obriga divulgação da agenda do Poder Executivo

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou na tarde desta terça-feira (18) o Projeto de Lei 0184.2/2015, que dispõe sobre a obrigatoriedade da publicidade da agenda do Poder Executivo. A matéria é de autoria do deputado Rodrigo Minotto (PDT) e determina a divulgação eletronicamente com antecedência de 24 horas. O PL segue para sanção do Governador.

“A aprovação deste projeto de Lei dá mais transparência aos atos da administração pública do Governo do Estado, além de legitimar as ações praticadas pelos gestores por meio da aproximação com o cidadão catarinense”, explica o deputado Minotto.

 A redação do Projeto de Lei prevê que a agenda de compromissos públicos poderá ser alterada se houver motivos urgentes e relevantes, para tanto, devendo a justificativa ser registrada expressamente no sítio em que se encontra a agenda no dia seguinte à alteração.

São considerados agentes públicos, neste caso, Governador, vice-Governador, secretários de Estado, presidentes de empresas públicas estaduais e presidentes de fundações públicas estaduais. “No âmbito federal a agenda dos ministros de Estado e do próprio presidente da República é pública, de modo que esperamos que essa iniciativa seja sancionada pelo Governador”, explica Minotto.

Sem categoria

Reeleito, deputado estadual Rodrigo Minotto será diplomado dia 18

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) será diplomado na próxima terça-feira (18), para um novo mandato na Assembleia Legislativa.

Ele foi reeleito em outubro com 26.623 votos para a 19ª Legislatura 2019-2022. A cerimônia de diplomação acontece no auditório Teori Zavascki, no Tribunal de Justiça, em Florianópolis, a partir das 18h.

Durante o primeiro mandato, Minotto se destacou pelos mais de 50 Projetos de Leis apresentados e, principalmente, pela defesa intransigente da educação e dos trabalhadores. “Vamos honrar novamente cada voto de confiança recebido. Esse mandato participativo, ouvindo as pessoas e encaminhando soluções, vai continuar porque foi aprovado pelos catarinenses. Seguimos trabalhando na construção de um Estado mais eficiente e que consiga entregar serviços de qualidade à população.”, destaca Minotto.