Blog do Paulo Matias

Posts tagged MurialdoCantoGastaldon

Política

Em Brasília, Murialdo faz avaliação da XXII Marcha dos Prefeitos

Em busca da defesa e de políticas mais ativas aos municípios, prefeitos de todo Brasil estiveram em Brasília nessa semana participando da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon e o presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigues Mendes, junto aos demais prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) participaram de diferentes ações na Capital Federal.

Um dos momentos esperados pelos líderes foi a fala do Presidente Jair Bolsonaro, que cumpre seu primeiro ano de governo. “No início de mandato do Presidente, a expectativa aumenta, visto que os prefeitos querem conhecer os programas que o Governo Federal lança, para que posteriormente os municípios enviem seus projetos, comentou Murialdo.

A fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, foi uma das falas que agradou o prefeito. “Ele abordou a reorganização do pacto federativo e comentou também que irá trabalhar para destinar mais recursos aos municípios, sendo aplaudido em vários momentos”, reforçou.

Outro momento de destaque foi um protesto realizado em frente à sede do Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a votação sobre royalties do petróleo. Há seis anos, os 5.568 municípios aguardam a partilha, por meio de recursos arrecadados com a exploração dos royalties.

 

Economia / Política

Prefeitos e empresários buscam estratégias para atrair investidores à região

Prefeitos e vice-prefeitos da região carbonífera estiveram reunidos na noite desta segunda-feira (25), com o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Moacir Dagostin, na sede da entidade empresarial. Na pauta, estratégias para atrair investidores para a região. Nos últimos anos, os municípios que compõem a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) cresceram abaixo da média do Estado. De 2012 a 2018, a região cresceu 71,53% enquanto o Estado 72,69%“Queremos buscar alternativas que possam mudar este cenário atual e de projeção da nossa economia”, pontua o secretário executivo da Amrec, Acélio Casagrande. “Chegamos à conclusão de que precisamos de um material que divulgue e “venda” a nossa região, mostrando todas as potencialidades”, acrescenta o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

Conforme o presidente da Amrec, Hélio Cesa “Alemão”, a busca de parcerias tem sido um caminho para acelerar o desenvolvimento econômico regional. “Quando iniciamos na Amrec em 2018 sabíamos que precisávamos trabalhar a questão do desenvolvimento econômico, buscamos a parceria da Acic porque sabemos que essa união só trará bons resultados. A tão esperada infraestrutura chegou e o que precisamos agora é mostrar aos investidores o que a nossa região tem de melhor”

Ainda de acordo com o empresário Édio Castanhel, diretor da Acic, a região precisa ter o apoio do Governo do Estado na busca de investidores. “Temos um governador do Sul e precisamos contar com este apoio”, coloca.

O prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, destaca a importância de focar na vocação da região. “Precisamos saber quais os setores da nossa economia darão mais reflexo, focando numa direção certeira. A nossa indústria está defasada e políticas públicas de incentivo ao setor produtivo precisam ser criadas, especialmente, as de estímulo a inovação. Não adianta termos infraestrutura se na base não há inovação”, opina.

Dentro do tema inovação, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, destacou a tão importante obra do Centro de Inovação bandeira da Acic. “O governo precisa definir se aportará os investimentos necessários senão começaremos a buscar outros meios de viabilizar o projeto”, pontua.

Um encontro será marcado com o Governo do Estado para tratar do Centro de Inovação de Criciúma e ainda dos decretos que alteram o regulamento do ICMS, que afetarão vários setores da economia catarinense. A produção de um audiovisual, que mostre as potencialidades da região carbonífera, também será encaminhada.

 

 

Economia / Política

Contrato do Condomínio Industrial Luiz Henrique da Silveira é assinado em Içara

Visando fortalecer a economia e promover ideias empreendedoras, o governo de Içara e a empresa Artecon, de Jaguaruna, assinaram na manhã desta terça-feira (19), o contrato para o Condomínio Industrial Luiz Henrique da Silveira. Reunindo entidades e empresas no auditório da Associação Empresarial de Içara (ACII), o encontro serviu também para a apresentação do projeto que será implantado no local.

O espaço de 10 hectares está localizado na comunidade de Esperança e será um importante instrumento para a instalação de novas empresas no município. “Ficamos felizes com o interesse do empresariado local de prestigiar essa apresentação e contamos que outros empreendedores cheguem à nossa cidade, participem e que colaborem para que o nosso município se desenvolva ainda mais”, comentou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Brígido.

Com uma localização próxima da BR-101, a infraestrutura será um ponto forte para o empreendedor. “É um projeto para se orgulhar, mostra que Içara está no caminho certo. Acreditamos nas empresas e com esse espaço, o empreendedor terá um espaço bacana para colaborar com o desenvolvimento da economia”, falou o vice-presidente da regional sul da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Diomício Vidal.

O condomínio terá uma estrutura para que até 35 empresas se instalem, onde terá terrenos de 1,5m² a 2m². De acordo com o presidente da ACII, Ramiro Cardoso, o ligamento de três pontos irá favorecer o desenvolvimento macroeconômico. “Vai ser um projeto macrorregional com uma área importante, a ferrovia está ali perto, a BR 101 e o Aeroporto de Jaguaruna ficará a 20 quilômetros, favorecendo uma excelente logísticas de trabalho”, comentou.

Cultura

Botoeiras vão garantir segurança para pedestres de Içara

Com o objetivo de promover a acessibilidade de pessoas especiais ou com mobilidade reduzida, o Governo de Içara, por meio da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, realizou a colocação de um sistema de botoeiras sonoras que foi implantado nas principais vias do centro do município.

Para a compra dos materiais, foram investidos aproximadamente R$ 104 mil. De acordo com o secretário Arnaldo Lodetti Júnior, a intenção é facilitar a mobilidade urbana. “As pessoas terão até 15 segundos para atravessar a via após o botão ser acionado, proporcionando mais segurança a todos os pedestres”, comentou.

Além das botoeiras, a próxima etapa será a correção das calçadas, garantindo uma acessibilidade ainda maior para os pedestres. Estas estão previstas nos projetos de revitalização da área central de Içara e serão concluídas ainda neste ano.

Cultura / Economia / Política / Vídeo

Assista: Comunidade unida e Secretário de Infraestrutura comprometido, tiram do papel obra de cinco décadas

A mobilização da Associação de Moradores  das Localidades de Rio Carvão liderada pelo seu presidente Sidinei Casagrande “Chiquinho”, que deu inicio a campanha “Sem asfalto não tem voto”, ao invés de pretender emparedar os entes políticos da região, queria na verdade demonstrar que ali ressurgia um movimento de moradores o que infelizmente se enfraqueceu em Urussanga nos últimos tempos.

E a mesma encontrou em Florianópolis um Secretário de Estado que pode ser sido cobrado tanto quanto outros já foram, inclusive por lideranças de Urussanga, mas este teve a sensibilidade de procurar na última gaveta da mesa o esquecido projeto de pavimentação da Rodovia dos Mineiros.

Com ele em mãos e a estimativa de investimento, “Vampiro” serviu-se da proximidade com governador Eduardo Moreira para obter a garantia do valor necessário.

Nesse mesmo tempo, houve a iniciativa do empresário Fred Zanette, que propôs uma Parceria Público-Privada, o qual ao saber que o estado não se servia mais dessa modalidade continuou usando os recolhimentos das suas empresas pleitear a obra. Em mais um ato que concretizava o envolvimento dos que ali residem ou empreendem.

Assim, nesta quinta-feira (20), um momento histórico foi vivido em Urussanga, mais precisamente na Localidade de Rio Carvão Baixo, diante da Igreja São João Maria Vianney. Às 18h, quando o mau tempo de uma trégua, e o trecho de quase dois quilômetros muito bem construídos pela Setep, foi inaugurado.

Em suas falas, Chiquinho, emocionado como nunca se viu, lembrou dos que nos deixaram ser ver a tão sonhada obra, e focou nos agradecimentos.

Luiz Fernando Cardoso “Vampiro”, reconhecido como aquele que prometeu e diferentes de tantos “deu conta”, enfatizou “que não existe política nova ou política velha, e sim politica boa e política ruim, política de quem cumpre e de quem engana as pessoas”.

É claro ao final da solenidade, já se ouvia entre os presentes, “ficou ótima, bonita, precisamos ver agora o controle de peso dos veículos que vão trafegar. E dar continuidade, o quanto antes com o milhão conseguido pelo Bonetinho, principalmente porque agora temos a usina.

A presença do filho de Santana, bem-sucedido ente político da região e prefeito de Içara, Murialdo Canto Gastaldon e dos ex-prefeitos municpais, Vanderlei Olívio Rosso e Ruberval Francisco Pilotto, percebida por Vampiro, serviu para demonstrar que não se tratava de uma inauguração qualquer.

Áudio / Política

Prefeito de Içara solicita que secretários municipais entreguem carta de exoneração

Os secretários municipais de Içara devem entregar as suas cartas individuais de exoneração até esta segunda-feira. O que não significa que haverá mudança em toda da administração.

O pedido foi feito pelo prefeito Murialdo Canto Gastaldon (MDB) em reunião com o colegiado na última sexta-feira (23), o qual explicou a solicitação garantindo que se trata de um processo que será realizado sem pressa;

Existem informações de que já nesta manhã de segunda-feira a composição será debatida com presidentes das siglas da base do governo. E que a definição de nomes para os próximos dois anos tem foco no projeto de 2020.

Cultura / Economia

Içara: Rotativo municipal vai funcionar de forma experimental a partir de março

As adequações necessárias para a implantação do sistema rotativo municipal vão começar em Içara na segunda quinzena do mês. Serão mais de 1 mil vagas concentradas no polígono central entre a Rua Sete de Setembro, Vitória, Procópio Lima e Amaro Maurício Cardoso. A assinatura do contrato com a Serbet Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil de Joinville ocorreu junto com a apresentação da tecnologia na Câmara de Dirigentes Lojistas nesta segunda-feira, dia (05) A perspectiva é de que o funcionamento ocorra de forma experimental a partir de março e a cobrança ocorra já em abril.

“Devido à dimensão, vamos reunir todas as entidades para também apresentar o projeto”, antecipa o prefeito Murialdo Canto Gastaldon (MDB). “Os usuários poderão utilizar postos de venda, monitores, SMS ou aplicativo para alocar as vagas. O sistema também verificará possíveis pendências dos veículos. Todas as vagas serão monitoradas em tempo real”, completa o diretor da empresa, Alano Branco.

Conforme estabelecido na licitação, o valor será de R$ 0,30 por 10min via aplicativo; R$ 1 para 30min, R$ 1,80 para 1h e R$ 3,60 para 2h via aplicativo e/ou ticket. Os automóveis que não tiverem adquirido espaço serão penalizados em R$ 18. A perspectiva é que o funcionamento das 8h às 18h tenha o apoio de até 20 monitores para o gerenciamento simultâneo da área azul. “O nosso modelo está muito perto do ideal. Mas passaremos por um período de adaptação e poderá ser melhorado. Tivemos quatro tentativas de implantação”, enaltece o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Arnaldo Lodetti Júnior.

Economia / Política

Distrito Empresarial Luiz Henrique da Silveira será executado com permuta

O pagamento dos trabalhos de engenharia necessários à estruturação do Distrito Empresarial Luiz Henrique da Silveira será realizado com imóveis resultantes do próprio loteamento.

O projeto de autoria do Poder Executivo refere-se a permuta de parte dos 100 mil metros quadrados na localidade de Esperança que estavam previstos para a Cimolai. Além da troca parcial da área por serviços, o PE 139/17 pretende autorizar a alienação de imóveis. As transações dependerão agora da votação na Câmara Municipal.

O projeto da Prefeitura Municipal é oferecer um sistema viário que suporte trânsito de alto impacto, garantir distribuição de água, coleta de resíduos de escala industrial, distribuição de energia elétrica e ainda reservar espaços para futuras instalações de serviços bancários, creches e áreas de lazer. “Entretanto, um projeto dessa envergadura não pode ser custeado pelo Poder Públicos, cujos recursos, sabe-se, são escassos. Daí a necessidade de parceria com a iniciativa privada”, defende no projeto o prefeito Murialdo Canto Gastaldon (PMDB).