Blog do Paulo Matias

Posts tagged morrodafumaça

Economia / Política

Magagnin pede ao Governador Moisés para que pavimentação da SC-442 seja concluída

O prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin participou nesta segunda-feira (11), da reunião com o Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva juntamente com um seleto grupo de lideranças do Sul. O Governador foi recebido na prefeitura de Criciúma pelo prefeito Clésio Salvaro.

Na oportunidade, Magagnin fez um apelo para que o Governador conclua a pavimentação da SC- 442, que liga Cocal do Sul a Estação Cocal/Morro da Fumaça.

“Esta é uma obra de grande importância para a nossa região onde temos uma situação pendente. A maior parte da pavimentação está concluída, faltando menos de um quilômetro no trecho de acesso à empresa Eliane Revestimentos Cerâmicos, em Cocal do Sul e outros três quilômetros devido ao impasse no traçado da rodovia que hoje faz com que o tráfego de veículos pesados passe pela área central do Distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça, problema que se resolveria com a construção de um viaduto, por exemplo. Nosso pedido é para que esse projeto seja cumprido na sua integralidade para toda a região”, explicou Magagnin.

O prefeito Magagnin fez a entrega em mãos do ofício em nome do município e da classe empresarial ao Governador Moisés que se comprometeu em avaliar a situação.

Destaque

Noi Coral decreta luto oficial de três dias pela morte de Waldemar Durval da Silva, o Professor Bigode

O prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral decretou três dias de luto pelo falecimento de Waldemar Durval da Silva, popular Professor Bigode.

Considerando que o o mesmo, é um dos principais personagens da história de Morro da Fumaça, com toda a sua trajetória de vida, como ex-combatente e jogador do Comerciário Esporte Clube, despertando orgulho para o município, além de sua colaboração como vereador junto à Câmara Legislativa local

Além do decreto de luto oficial, as bandeiras do Paço Municipal Prefeito Auzílio Frasson permanecerão em meio mastro.

Política

Eduardo Guollo assume o Executivo de Morro da Fumaça

A boa relação entre o prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral e o vice, Eduardo Sartor Guollo, ambos do PP, foi comprovada mais uma vez na manhã desta segunda-feira (04), com a transmissão de cargo. O vice ficará no comando do Governo Municipal de forma interina pelos próximos 15 dias, período em que Coral estará licenciado para tratar de assuntos particulares.

Durante a transmissão, Guollo ressaltou que acompanha os andamentos dos trabalhos diariamente, o que não torna a tarefa complicada. “Eu e o prefeito Noi temos conversas praticamente todos os dias, além disso, mantemos contato frequente com as secretarias, sempre acompanhando os trabalhos. Neste período de 15 dias, daremos continuidade às ações que já vêm sendo desempenhadas” enfatiza o prefeito interino acrescentando que hoje o prefeito Noi Coral é um exemplo de administrador a ser seguido. “Ele é o nosso espelho, sinônimo de seriedade na administração pública. Possuímos uma equipe competente que se esforça a cada dia para a melhoria da cidade. O dia que deixarmos a prefeitura, precisamos sair com a consciência de que fizemos o melhor pela cidade”, conclui.

O ato de transmissão foi simples, no próprio gabinete do prefeito e acompanhado pelos secretários, pelo presidente do Legislativo, Tiago Minatto, do MDB, além dos vereadores Antonio De Luca e Jerson Maragno, ambos do PP. Esta é a segunda vez que Guollo fica à frente do Governo Municipal, já que assumiu pelo mesmo período no início do ano passado.

Noi Coral destacou a confiança que tem no vice. “Confio 100% no Eduardo. Estamos sempre trabalhamos unidos, um respeitando o outro e assim continuará sendo. Pelos próximos dias, ele acompanhará as muitas obras em andamento em Morro da Fumaça, além de dar encaminhamento à outras ações”, cita.

Sem categoria

Donos de terrenos sem conservação podem ser multados

O verão e com o tempo quente dos últimos dias favorece o rápido crescimento da vegetação em terrenos sem a manutenção adequada, contribuindo com a proliferação de animais peçonhentos e se tornando foco de doenças.

Devido a isso, o Governo Municipal de Morro da Fumaça alerta que o município possui a Lei 1.741/2019 que aponta a obrigação dos proprietários de imóveis localizados na zona urbana, ou de extensão urbana, de conservá-los e mantê-los em perfeito estado de limpeza, providenciando a eliminação de águas estagnadas e de dejetos prejudiciais à saúde e à segurança pública, bem como recolher a poda de árvores e arbustos e o entulho resultante de limpeza ou construções. “Com o aumento da temperatura e da umidade há o crescimento da vegetação que se torna habitat para animais e tornam-se incômodo para a população. Em alguns locais há o acúmulo de água, atraindo insetos. O lixo piora ainda mais a situação, pois atrai outros animais. Por exemplo, temos na em outras cidades da região, casos de escorpião amarelo, então precisamos ter cuidado para não vir para cá”, ressalta o diretor da Fundação do Meio Ambiente (Fumaf), Natan de Souza.

Ao perceber que não há a devida conservação e limpeza, o dono do terreno é notificado e terá o prazo inicial de 15 dias ou 48h para solucionar os problemas identificados. Caso o serviço de limpeza não seja feito no prazo, a multa aplicada será de R$ 1,09 por metro quadrado. Após isso, o Governo fará a limpeza e lançará o valor de R$ 0,90 por metro quadrado do terreno roçado para cobrar do proprietário em 30 dias.

Cultura / Política

Polícia Militar de Morro da Fumaça ganhará novo quartel

Em breve, a Polícia Militar de Morro da Fumaça ganhará uma sede própria. A construção do novo quartel, totalmente sustentável, foi definida após encontro do prefeito Noi Coral com o Gerente de Projetos da PM, Rogério Luiz Kumlehn e com o Comandante de Morro da Fumaça, Sargento Emerson Miyamoto. A obra, que tem prazo para finalização de 90 dias após o processo licitatório, beneficiará não só a Polícia Militar, mas toda a comunidade, já que o local oferecerá melhor estrutura e agilidade no atendimento às ocorrências.

A construção faz parte do projeto Módulos de Estrutura Policial Militar Compacta (MEPMC), elaborado pelo Comando Geral da Polícia Militar de Santa Catarina, que visa beneficiar municípios com menos de 20 mil habitantes, com o intuito de levar maior aparato de segurança com melhor estrutura.

A nova estrutura foi desenvolvida com visão voltada à sustentabilidade e abrange área útil de 90 metros quadrados, possuindo três contêineres com sistema fotovoltaico, utilização de telhas ecológicas, captação de águas das chuvas e sistema de compostagem.

A obra será viabilizada através da parceria entre a PM e o Município. Caberá ao Governo Municipal, fazer o alicerce que receberá a estrutura, um investimento de R$ 80 mil. Anteriormente, a Administração também fez a doação do terreno onde funcionará o novo quartel, localizado no Bairro Jussara. “É um local muito bom, com acesso que facilita a saída dos policiais para atender as ocorrências. Hoje, o efetivo de nossa cidade tem como sede um imóvel alugado e que não é o adequado para dar as melhores condições de trabalho. Com esta realização, estamos dando um grande passo para a melhoria da segurança pública”, ressalta o prefeito Noi Coral.

Kumlehn relata que, historicamente, as cidades menores abrigam o comando da Polícia Militar em espaços pequenos e sem estrutura adequada, em sua maioria alugados ou cedidos. “Devido a isso, o Comando elaborou o projeto a fim de atender estes municípios, com unidades concebidas em conceito de sustentabilidade, objetivando a proximidade com as comunidades para estabelecer uma melhor relação, em um ambiente salubre e com boas condições para o exercício das atividades. Queremos que as cidades menores tenham as mesmas condições de trabalho que as grandes”, enfatiza.

O Comandante de Morro da Fumaça, Sargento Emerson Miyamoto, destaca que a nova estrutura dará maior qualidade, conforto e segurança aos 15 policiais que atuam na cidade e à população. “O fato de o projeto ser sustentável, com captação de recursos hídricos da chuva e de energia solar, faz com que não somente a Polícia Militar seja beneficiada, mas sim toda a sociedade. Além de que, com a construção, ganhamos um ambiente agradável. O quartel, com a sua modernidade, vem ao encontro de nossos anseios, com arquitetura moderna e prática”, relata.

 

 

 

 

 

Economia / Política

Ampliada a compra de consultas, exames, procedimentos e medicamentos, em Morro da Fumaça

Em 2018, Morro da Fumaça ampliou ainda mais a aquisição de consultas, exames, procedimentos e medicamentos junto ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amrec (Cisamrec).

Com relação às consultas, exames e procedimentos, o investimento pulou de R$ 303.524,29 em 2017, para R$ 540.837,87 no ano passado, uma elevação de R$ 237.313,58.

Já com relação aos medicamentos, o município saiu de R$ 280.301,34 em 2017 para R$ 286.842,89 no ano passado, um incremento de R$ 6.541,55.

Em um comparativo com 2016, a Secretaria do Sistema de Saúde de Morro da Fumaça ampliou em R$ 102.385,62, já que naquele ano, o Município investiu R$ 184.457,27.

Os dados são do próprio Cisamrec. “Estamos comprometidos com a saúde dos fumacenses, prova disso é que seguimos ampliando o investimento tanto em medicamentos, quanto na disponibilização de médicos especialistas, entre outras ações”, ressalta o secretário do Sistema de Saúde de Morro da Fumaça, Robson Francisconi.

 

Economia / Política

Magagnin reúne prefeitos Clésio Salvaro e Noi Coral para viabilizar pavimentação da estrada de Linha Cabral

Um encontro solicitado pelo prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin reuniu os prefeitos de Criciúma, Clésio Salvaro e de Morro da Fumaça, Noi Coral para tratar sobre a pavimentação dos trechos que compreendem os três municípios, na localidade de Linha Cabral. A reunião aconteceu nesta segunda-feira (07), na prefeitura de Criciúma.

“Nesta quarta-feira, 9, nós entregaremos a ordem de serviço à JR Construções e Terraplenagem LDTA, empresa ganhadora da licitação. Ela irá pavimentar o trecho que compreende Cocal do Sul de aproximadamente 2 quilômetros. A via é de interesse dos três municípios, pois trará desenvolvimento econômico para a região e qualidade de vida aos moradores desta localidade. Os prefeitos de Criciúma e Morro da Fumaça se mostraram engajados nesta obra e esperamos que todos possam fazer a sua parte e, desta forma, entregarmos o quanto antes esta importante obra”, destaca o prefeito Magagnin.

Cocal do Sul fará um investimento de mais de R$ 2,3 milhões. A empresa possui o prazo de nove meses para a conclusão do trecho. A extensão pertencente a Morro da Fumaça é de aproximadamente 1,6 mil metros e de Criciúma, 600 metros.

 

Economia

Morro da Fumaça abre licitação para pavimentação da Rodovia Municipal Tranquilo Sartor

O Governo Municipal de Morro da Fumaça publicou o edital de Concorrência Pública para a pavimentação asfáltica da Rodovia Municipal Tranquilo Sartor, que liga o Centro da cidade à localidade de Linha Torrens.

A licitação está agendada para o dia 6 de fevereiro, a partir das 8h30min, no Setor de Licitações, no Paço Municipal Prefeito Auzílio Frasson.

Ao todo serão pavimentados mais de três quilômetros que, além do asfalto, também receberão calçadas e drenagem.

“Investir na pavimentação da Rodovia Tranquilo Sartor é pensar no futuro de Morro da Fumaça e voltar os olhos ao desenvolvimento. Através de ações como esta, estamos pensando na melhoria da mobilidade urbana do município, beneficiando moradores, pedestres e motoristas que passam a ter melhor qualidade de vida”, enfatiza o prefeito Noi Coral.

Cultura / Economia / Política

Morro da Fumaça: Em dois anos, mais de R$ 6 milhões em investimentos com recursos próprios

Um ano de conquistas e planejamento. Assim o prefeito Noi Coral e o vice Eduardo Guollo avaliam 2018, o segundo ano frente à Administração de Morro da Fumaça.

Neste período, o governo deu continuidade a um dos principais compromissos assumidos, que é a economia dos recursos públicos, o que possibilitou o investimento de mais de R$ 6 milhões com recursos próprios em dois anos.

A previsão de investimento, também com recursos próprios, para os dois próximos anos chega R$ 6 milhões. Somado aos R$ 10 milhões para a pavimentação da Rodovia Tranquilo Sartor e de mais de 50 ruas, o investimento em quatro anos chegará aos R$ 22 milhões, somente em obras de infraestrutura.

“Mais de três mil pessoas serão beneficiadas com a pavimentação das 50 ruas, que refletirá na melhora da saúde, na economia para o município, entre outras coisas. É ação muito importante que se tornou possível graças ao trabalho de zelo pelo dinheiro público. Junto com a nossa equipe conseguimos a capacidade de pagamento e chegamos a este financiamento que será muito bom para Morro da Fumaça”, enfatiza o prefeito Noi Coral.

O prefeito também cita e agradece a confiança dos fumacenses. “Queríamos conquistar a confiança do povo e temos esta satisfação hoje em dia. Jamais fizemos algo contra os fumacenses. Tudo é pensado em benefício de nossa comunidade. Em dois anos, pode-se dizer que o município teve um lucro de R$ 9 milhões, isso porque pagamos o que é justo”, diz.

Política

Contrato para pavimentação da Rodovia Tranquilo Sartor é assinado

Uma reivindicação de anos e uma grande obra que beneficiará moradores e aqueles que passam por uma das comunidades mais antigas de Morro da Fumaça se tornará realidade. Isso porque, o prefeito Noi Coral assinou nesta terça-feira (18), o contrato de aproximadamente R$ 5 milhões para a pavimentação asfáltica da Rodovia Municipal Tranquilo Sartor que liga o Centro à localidade de Linha Torrrens. O recurso é do Programa Avançar Cidades.

Ao todo serão pavimentados mais de três quilômetros que, além do asfalto, também receberão calçadas e drenagem. “Investir na pavimentação da Rodovia Tranquilo Sartor é pensar no futuro de Morro da Fumaça e voltar os olhos ao desenvolvimento. Através de ações como esta, estamos pensando na melhoria da mobilidade urbana do município, beneficiando moradores, pedestres e motoristas que passam a ter melhor qualidade de vida”, enfatiza o prefeito.

O próximo passo para o início dos trabalhos é o processo licitatório para escolha da empresa responsável. “A Tranquilo Sartor é uma rodovia muito importante para Morro da Fumaça e a sua pavimentação irá beneficiar moradores e todos os que a utilizam diariamente, contribuindo com o desenvolvimento da cidade. A assinatura é mais um passo e agora inicia o trabalho para que esta via seja finalizada em breve”, cita o vice-prefeito Eduardo Sartor Guollo.

A rodovia recebeu pavimentação de 1,2 quilômetros no governo do ex-prefeito Baltazar Pellegrin e pouco mais de um quilômetro no governo de Agnaldo Maccari. Após a conclusão de mais três quilômetros, a rodovia municipal estará toda pavimentada. Além de Linha Torrens, a obra também beneficiará os moradores da comunidade de Linha Frasson, entre outras.