Blog do Paulo Matias

Posts tagged mdb

Política

PSDB catarinense ficará com Tebaldi

Com o agradável termo agradável “consenso”, o PSDB de Santa Catarina anunciou que o ex-deputado Marco Tebaldi assumira a presidência estadual do partido.

Assim como o MDB, o PSDB Barriga Verde não conseguiu seque anotar a placa quando do acontecido de outubro passado. E deste vieram os fatos subsequentes como principalmente a saída de quem sabe a maior liderança qualificada como renovação, o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes.

Trazendo o assunto para a nossa região, a deputada que foi na contramão do Tsunami, conseguindo ainda dobrar sua votação, Geovania de Sá, a qual já conta grande reconhecimento em Brasília sinalizou internamente ao partido que não tinha interesse no cargo.

Semelhante novamente ao citado MDB, o PSDB do estado se vê quando busca reinserir-se no cenário entre o antigo e o novo.

Política

MDB de SC define oposição à cúpula nacional e data da convenção estadual

Em reunião da executiva estadual, no diretório do partido, em Florianópolis, nesta segunda-feira (22), os líderes da sigla definiram a data de 1º de junho para a realização da convenção estadual que vai eleger a nova executiva para os próximos dois anos.

Os emedebistas também validaram um movimento, que será liderado por Santa Catarina, para construção de uma chapa, conjunta com outros estados, para participar da convenção nacional do partido, marcada para o dia 4 de setembro deste ano. De acordo com o presidente Mauro Mariani, o MDB Santa Catarina detém 10% dos delegados do partido.

O senador Dário Berger e o deputado federal, Celso Maldaner, foram incumbidos de encabeçar o movimento, buscando o apoio de outros estados para compor uma chapa forte, com possibilidade de fazer frente à atual cúpula nacional.

A expectativa é de que o Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco e o Mato Grosso do Sul se incorporem ao movimento catarinense. Segundo Berger, as conversas já foram iniciadas, sendo que o a senadora Simone Nassar Tebet, poderá presidir a chapa.

“Estamos trabalhando para somar esforços e construir um projeto sólido e representativo que realmente represente o MDB”, disse Berger.

Os ex-governadores Eduardo Moreira e Paulo Afonso destacaram que a ação é fundamental, não só para marcar posição, mas para destituir àqueles que mancharam a história do MDB em nível nacional.

 

Destaque / Política

Amarildo De Brida encerra período de permanência no Legislativo Municipal

O suplente Amarildo De Brida (MDB), encerrou nesta terça-feira (16), o período de 30 dias em que assumiu a condição de vereador no Legislativo Municipal.

Amarildo agradeceu ao partido, em nome do presidente do MDB, Vanderlei Olívio Rosso, a vereadora Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori, titular da vaga e os colegas de partido, vereadores Elson Roberto Ramos e Vanderlei Marcirio.

Ainda na tribuna, o mesmo fez elogios à forma como os trabalhos são conduzidos pelo presidente da Casa Gilson Casagrande (PP) e ressaltou o comprometimento de todos os vereadores com o desenvolvimento do município.

No período que esteve no Legislativo Amarildo participou de cinco Reuniões Ordinárias, duas Reuniões extraordinárias, reuniões da Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação e discussão do Plano Diretor através de diversas Audiências Públicas.

A “gente boa” Amarildo De Brida, soube representar seu partido e atuar como legislador de forma ponderada, deixando uma boa impressão na Casa. Ele, que não descarta a possibilidade de concorrer novamente ao mesmo cargo em 2020.

Áudio / Economia / Política

Ouça: Governo revoga aumento de energia elétrica para agricultores

O Governo Federal decidiu manter os descontos na tarifa de energia elétrica para produtores rurais. A decisão foi comemorada pelo deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC), vice-líder do governo no Congresso, que fez pessoalmente o pedido ao ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima.

A medida anula o Decreto nº 9.642/2018, assinado pelo então presidente Michel Temer, que reduzia os descontos concedidos à tarifa de energia elétrica para produtores rurais de todo o país para os próximos cinco anos. Isso representaria um aumento de 43% na conta dos agricultores. No caso dos agricultores que dependem de irrigação a taxa em janeiro caiu de 10 para 8%. Para produtores de peixes, por exemplo, a redução foi de 30 para 24%, e até 2023 o número chegaria à zero.

O Decreto 9.744, publicado no Diário Oficial da União, foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos ministros: Tereza Cristina (Agricultura), Paulo Guedes (Economia), Bento Costa Lima (Minas e Energia) e Gustavo Henrique Canuto (Desenvolvimento Regional).

Economia / Política / Turismo

DNIT sugere uma nova ponte na Capital

O assunto ainda não tem caráter oficial, mas inclui na pauta da mobilidade urbana prejudicada da Capital do Estado uma solução ideal, a construção da quarta ligação entre a Ilha de Santa Catarina e o Continente. O assunto foi levantado pelo superintendente do DNIT no Estado, um órgão federal, o engenheiro Ronaldo Carioni Barbosa, durante o lançamento da Frente Parlamentar de Infraestrutura na Assembleia, presidida pelo deputado Valdir Cobalchini (MDB). Carioni Barbosa declarou que, mais tarde, que gostaria de conversar com o governo do Estado sobre a solução ideal para os problemas de mobilidade na região

O comprometimento ou prazos de conclusão expirados de 86% de 49 obras, entre estaduais e federais, em andamento em Santa Catarina, segundo dados da Fiesc, que representam um investimento previsto de R$ 6,2 bilhões, são os principais motivadores do lançamento da Frente Parlamentar da Infraestrutura nesta quarta-feira (3).

No governo de Raimundo Colombo, antes de se começar a debater a recuperação da Ponte Hercílio Luz, o projeto anterior previa a construção da quarta ligação, uma obra orçada, à época, em R$ 1 bilhão, que não saiu do papel. A nova estrutura faria a ligação da Beira-Mar Norte com uma ampliada Beira-Mar Continental, que seria estendida até à BR-101, com passagem por São José. Neste momento, com o início dos trabalhos de manutenção e recuperação das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo, que deve durar dois anos, e uma imprevisível entrega das obras na Ponte Hercílio Luz, a quarta ligação poderia ser considerada, embora a falta de recursos seja um impeditivo para qualquer governo.

Economia / Política

CPI da Ponte aprova convocação das primeiras testemunhas

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Santa Catarina que investiga possíveis irregularidades na reforma da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, aprovou, em reunião na tarde desta quarta-feira (3), a convocação das primeiras testemunhas. O requerimento partiu do relator da comissão, deputado Bruno Souza (PSB).

Ao todo, serão sete pessoas, que serão ouvidas pelos membros da CPI em reuniões nos dias 16 e 17 de abril. “Precisamos ouvi-las porque elas eram sócias das empresas que estiveram envolvidas nas obras da ponte entre os anos de 1982 e 1989. Nesse período, temos escassa documentação para analisar, por isso as oitivas são importantes”, justificou o relator.

Os deputados também aprovaram requerimento que amplia em duas semanas, até as 19 horas do 16 de abril, o prazo para o envio de documentação solicitada pela CPI às empresas que estiveram envolvidas com obras na ponte. Caso esse prazo não seja obedecido, será determinada busca e apreensão desses documentos.

A CPI ainda solicitou novamente ao Deinfra cópias de procedimentos contratuais referentes às obras na ponte. O prazo para a entrega também é as 19 horas do dia 16 de abril.

“Toda a documentação que a CPI requereu está chegando. Poucas empresas não se manifestaram na totalidade. Decidimos dar um prazo a mais para elas, para que nossos técnicos possam fazer a análise e a perícia nesses documentos”, afirmou o presidente da CPI, deputado Marcos Vieira (PSDB).

 

Política

MDB: Momento delicado no estado se agrava com a situação nacional

Fundado há 53 anos, com presença marcante em todos os municípios, o MDB vive seu inferno astral. Partido que já teve três governadores, enfrenta um vácuo de comando desde a derrota de Mauro Mariani, presidente estadual, no primeiro turno das eleições de outubro.

São múltiplas as queixas de parlamentares, prefeitos e lideranças regionais com a ausência de uma liderança expressiva para conduzir o partido à Convenção Estadual que vai eleger os novos dirigentes. É imprevisível, também, o que vai acontecer na próxima eleição partidária.

Com a prisão de Michel Temer, o político vivo que mais tempo presidiu o MDB nacional, a situação em Santa Catarina tende a se agravar. Os deputados Valdir Cobalchini e Moacir Sopelsa já estavam com um fora, pelos desencontros com a bancada e a falta de liderança para resolver os impasses internos. O senador Dário Berger não esconde desencantos com o comando nacional em Brasília. Deputados federais de expressão, alguns da nova safra, sentem-se deslocados no meio dos veteranos da direção, muitos denunciados, investigados, réus ou presos na LavaJato.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, também não faz segredo que não está à vontade e que poderá estudar novas alternativas partidárias. Com um esforço redobrado de obras e serviços na Capital, por conta de seu projeto de reeleição, tem consciência de que no MDB não se cria mais. Aguarda, contudo, o momento mais apropriado do desembarque.

Depois da inesperada derrota eleitoral de 2018, o MDB vive seu momento mais crítico de sua história.

Áudio / Economia / Exclusivo / Política

Ouça: Stevan Arcari deixa a gerência da Epagri de Urussanga

Dizendo-se agradecido ao MDB, e também agora mais conhecedor dos desafios da atividade na região e estado, após quatro anos no cargo, o enólogo Stevan Arcari, deixa a gerência da Estação Experimental da Epagri de Urussanga, por decisão do governo de Santa Catarina.

Stevan relata que inclusive lhe foi sugerido por lideranças do PSL, que deixasse o partido em que é filiado e milita, o que poderia evitar sua substituição. Mas por entender que mudança de sigla para a manutenção do cargo não condiz com o seu perfil, declinou da possibilidade.

Segundo o mesmo, a referida gerência passa a ser ocupada por um competente colega que já atua na Estação há dez anos, o engenheiro agrônomo, Alexsander Luis Moreto.

Ainda falando de política, Stevan afirma que não pretende uma candidatura para 2020, com a frase, “ainda não”.

Política

Amarildo De Brida assume vaga no Legislativo de Urussanga

O suplente de vereador Amarildo De Brida (MDB), tomou posse na tarde desta segunda-feira (19).

Amarildo irá ocupar a vaga da vereadora titular Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori, que solicitou licença de 30 dias para tratar de assuntos particulares.

A homologação do ato coube ao Presidente da Câmara Municipal, Gilson Casagrande (PP), em cerimônia ocorrida no Plenário da Casa Legislativa.

Empresário, oriundo de uma família que tem tradição na sigla local, o qual obteve o posto de segundo suplente nas eleições de 2016, Amarildo é o primeiro do MDB a assumir uma cadeira no legislativo nessa condição. Mas o presidente Vanderlei Rosso, garantiu que pelo mesmo prazo, virão em seguida virão Luiz Carlos Cardoso e Meri Mafra.

Política

MDB reuniu executiva e vereadores na noite de ontem

Mas uma vez na residência do presidente local, Vanderlei Rosso, o MDB de Urussanga reuniu os seus vereadores e a executiva, na noite desta quinta-feira (14).

Continuando na linha, sem foto, áudio ou vídeo, o encontro teria ocorrido somente para a discussão do cronograma de atividades do partido em 2019.

Na comparação com a recente reunião realizada pela executiva, percebeu como diferença o fato que na ontem o vereador Vanderlei Marcirio “Deco”, foi convidado e participou.