Blog do Paulo Matias

Posts tagged heliocesa

Cultura / Destaque / Política

Siderópolis sanciona Lei que proíbe nomeação de pessoas condenadas pela Lei Maria da Penha

O prefeito Hélio Cesa, sancionou duas importantes leis na tarde dessa terça-feira (23). As alterações na legislação municipal foram propostas pelo vereador Clademir Manoel de Souza e aprovadas pelo legislativo de Siderópolis.

A primeira diz respeito à Lei que veda a nomeação para cargos em comissão de pessoas que tenham sido condenadas pela Lei nº 11.340 – Lei Maria da Penha. No mesmo ato também sancionou a Lei que cria o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Siderópolis (Comdims).

Helio Cesa comemorou o que considera avanço para o município. “Com certeza são conquistas para Siderópolis. No mundo atual é necessário dar atenção especial para a população feminina. O Comdims e o impedimento de contração de cargos que tenham afetado o respeito pelas mulheres, irão aumentar ainda mais a conscientização dos cidadãos quanto à violência que deve ser interrompida”, comentou o prefeito, ao lado do vice-prefeito, Xande Feltrin e lideranças municipais.

 

Economia / Política / Turismo

Iniciada obra de pavimentação entre Siderópolis e Nova Veneza

A primeira parte da obra de pavimentação entre Siderópolis e Nova Veneza, que passa por São Martinho Alto, já iniciou. A empresa vencedora da licitação está no local realizando os trabalhos de drenagem e preparação para colocação de base e posteriormente pavimento asfáltico. Essa obra é uma parceria entre o Governo de Siderópolis e o Governo de Santa Catarina, com investimento de R$ 2,3 milhões, sendo que os recursos do Estado são oriundos do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). Serão pavimentados aproximadamente 2,5 quilômetros. O Governo de Nova Veneza também será parceiro para conclusão da ligação entre os dois municípios.

Segundo o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, essa é uma das obras que o município tem conseguido realizar, que há anos é solicitada pelos moradores. “Com o trabalho feito será mais uma comunidade que estará sendo beneficiada com pavimentação. A via é um mais eixo de desenvolvimento que estamos abrindo. Siderópolis ficará ainda mais próxima de Nova Veneza e esse novo corredor irá beneficiar toda região”, destacou o prefeito.

Antes de dar início aos trabalhos, o Governo Municipal reuniu moradores do local, para discutir algumas melhorias e também detalhar os eventuais transtornos com a pavimentação. “As pessoas devem saber que obras assim causam alguns problemas, mas precisamos passar por isso até ter o asfalto, tão sonhado pelos moradores”, ressaltou Hélio.

Economia / Política

Siderópolis presente na XXII Marcha dos Prefeitos à Brasília

O prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, embarcou inicio desta semana juntamente com mais sete prefeitos da Região Carbonífera, para a XXII Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios, em Brasília.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o da Câmara, Rodrigo Maia, também estiveram presentes no evento, onde realizaram a abertura do mesmo que segue até a próxima quinta-feira, 11.

Conforme a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), 174 prefeitos e prefeitas de Santa Catarina participam do evento. O tema esse ano é “Unidos pelo Brasil”. “É importante acompanhar de perto e cobrar avanços para nossos municípios. É hora de ouvirmos o que o Governo Federal tem a dizer e exigir melhorias, afinal de contas o cidadão bate à porta é das prefeituras”, comentou Hélio, acrescentando que a principal discussão é um novo Pacto Federativo.

 

Cultura / Economia / Política / Turismo

Prefeitos do Sul e Serra se unem para implantar da Rota dos Jesuítas

Os prefeitos do Sul, da Serra Catarinense e gestores de turismo estiveram reunidos com o empreendedor Wirto Schaeffer e o responsável técnico pelo projeto, André Monsores para ampliar a discussão da implantação da Rota dos Jesuítas, nesta terça-feira (19), em Urubici.

Durante o encontro foi formado o grupo de trabalho para alinhar o roteiro que deverá ser implantado na região. O projeto irá ligar o Sul a Serra Catarinense a partir da conclusão das obras na BR-285, no trecho que liga Timbé do Sul a São José dos Ausentes.

“É uma causa que está há muitos anos atrasada e é muito importante fazer acontecer o mais rápido possível a Rota dos Jesuítas. Daqui há três anos teremos o maior roteiro do sul do Brasil” revelou Wirto Schaeffer, ao recepcionar aos convidados.

Para o responsável técnico pelo projeto, André Monsores, o intercâmbio turístico depende da solidificação do grupo de trabalho. “O turismo é uma força transformadora. O intercâmbio entre os visitantes da Serra Catarinense e as cidades do Sul através da Rota dos Jesuítas é uma das maneiras mais rápidas e baratas para o fomento do setor, principalmente para aquelas cidades que ainda não despertaram para o turismo, mas que possuem grande potencial. Para consolidarmos a criação da Rota dos Jesuítas é preciso compor uma equipe de trabalho engajada e integrada e que aplique as melhores práticas indicadas pelo Ministério do Turismo para que seu crescimento seja perene. É preciso que a rota promova transformações socioeconômicas e contribua para o desenvolvimento e o bem-estar social das cidades que a compõe”.

O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, aponta a rota turística com uma grande sacada para interligar as nossas cidades. “A nossa região é rica turisticamente com duas Serras e todo o potencial do Sul de Siderópolis, Treviso, Nova Veneza, Forquilhinha com as suas belezas naturais e potencial turístico. Agora precisamos consolidar esse movimento para efetivamente implantar a rota”, pontuou.

 “Nós precisamos criar mecanismos para divulgar os nossos municípios. E com essa rota vamos criar um novo caminho passando por vários municípios do Sul e Serra que contam com inúmeros atrativos turísticos. Aqui em cima da Serra temos o maior e melhor potencial turístico e precisamos aproveitar para ampliar para as outras cidades. Nova Veneza criou a Festa da Gastronomia, implantou o Carnevale di Venezia mais precisa de outras cidades para que o turista permaneça por mais tempo em nossa região”, relatou o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo.

Cultura / Economia / Política / Turismo

Pavimentação do acesso à Barragem do Rio São Bento tem mais uma etapa concluída

As obras de pavimentação do acesso à Barragem do Rio São Bento, SID 159, em Siderópolis, tiveram mais uma etapa concluída. A empresa vencedora da licitação já fez a imprimação e a pintura de ligação, trabalhos que antecedem a colocação da capa asfáltica. Ainda de acordo com a empresa, a pavimentação deve ser concluída nas próximas semanas.

Nessa etapa estão sendo pavimentados quase quatro quilômetros até a localidade de Rio Jordão Alto, passando pela cachoeira do Bianchini. A obra é uma parceria entre o Governo de Siderópolis, por meio de recursos físicos e financeiros com investimento de R$ 2,5 milhões, e o Governo do Estado, por meio da Casan, que está investindo R$ 1,5 milhão.

“Acompanhamos de perto a execução da obra para que tudo seja feito conforme o previsto em contrato. A rodovia tem bastante movimento, já que é utilizada para escoamento da produção agrícola e também por moradores e visitantes, que se encantam com as belezas daquela região”, destacou o prefeito Hélio Cesa “Alemão”, ao lado do vice-prefeito, Xande Feltrin, acrescentando que o objetivo é pavimentar todo o acesso.

Política

Nova diretoria executiva da AMREC é empossada

A nova diretoria executiva da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) tomou posse em solenidade realizada na tarde desta quinta-feira (14). O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, assumiu a presidência da entidade, substituindo o prefeito de Siderópolis, Hélio Roberto Cesa “Alemão”. A cerimônia também marcou a inauguração das obras de ampliação e acessibilidade da AMREC.

No discurso de despedida, Alemão destacou a importância das obras realizadas na AMREC e relembrou o papel de liderança de Criciúma na administração de momentos difíceis, como a greve dos caminhoneiros, que prejudicou municípios em 2018. “A sede da AMREC precisava de uma obra deste porte. Muitas pessoas, em especial os cadeirantes, deixaram de ir à entidade por causa da falta de acessibilidade. Mas a história é outra a partir de hoje. Com o apoio dos prefeitos dos 12 municípios, instalamos um elevador”, comenta. “Agora, teremos um craque para enfrentar os desafios. O Salvaro tem a confiança dos prefeitos e, com certeza, vai trazer bons resultados econômicos, sociais e políticos na presidência da AMREC”, complementa.

Localizada no bairro Milanese, a sede da AMREC ganhou um elevador, teve um banheiro adaptado e uma sala de reuniões ampliada de 20 para 40 lugares, no total de 49,30m² de área construída, com um custo aproximado de R$ 200 mil, incluindo as taxas de fiscalização.

De acordo com Salvaro, a função da AMREC, que atende os interesses comuns dos municípios associados, será ainda mais fortalecida. “Temos a enorme responsabilidade de defender as causas municipalistas e lutar pelo bem-estar dos munícipes. A AMREC é uma entidade forte e os prefeitos são atuantes. Estou preparado para discutir assuntos que interessas os 12 municípios associados e buscar o crescimento da AMREC. Continuaremos praticando a política do bem”, destaca.

A cerimônia de posse da nova diretoria executiva da AMREC foi prestigiada pelo prefeito de Tubarão e presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Joares Ponticelli, pelo prefeito de Maracajá e presidente da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), Arlindo Rocha, pelo diretor executivo da AMREC, Acélio Casagrande, pelo deputado federal Ricardo Guidi, pelo presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, entre outras autoridades políticas.

Economia / Política

Siderópolis conclui trabalhos de recuperação da rodovia SC 445

O Governo de Siderópolis concluiu a recuperação de aproximadamente quatro quilômetros da rodovia SC 445, que faz ligação com Urussanga. A via foi alargada e o município colocou material para facilitar o trânsito de veículos. “Destinamos nossa equipe e nosso maquinário para recuperar todo o trecho que pertence a Siderópolis. A rodovia era de responsabilidade do Governo do Estado, mas sempre éramos cobrados e acabávamos executando o serviço. O trabalho feito irá favorecer tanto os moradores, quando os usuários da via”, destacou o prefeito Hélio Cesa “Alemão”.

Segundo o prefeito, parte do trecho, cerca de 1.350 metros, deve ser pavimentada em breve pelo Governo Municipal. “Seguimos com nosso projeto de melhorar a mobilidade urbana de Siderópolis e essa rodovia, por sua história e importância também está em nosso planejamento”, concluiu o prefeito.

No mês de dezembro de 2018 o Governo do Estado excluiu a rodovia do Plano Rodoviário Estadual. Depois disso, Siderópolis, por meio do decreto Nº 2.297, incorporou a parte pertencente ao município à sua malha viária e assumiu a responsabilidade de manutenção. Além de Siderópolis, Cocal do Sul e Urussanga também devem fazer a recuperação de seus trechos.

Cultura / Política

Governo Municipal de Siderópolis e APAE firmam Termo de Colaboração

Foi firmado o Termo de Colaboração entre o Governo Municipal e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Siderópolis, para o ano de 2019. O prefeito Hélio Cesa “Alemão”, foi recebido na instituição para a assinatura, acompanhado de alunos, funcionários e da presidente da entidade Jucélia Longo Scaini.

O Termo é uma cooperação técnica e financeira que auxilia na manutenção da entidade, contribuindo para a execução do Programa de Apoio aos Alunos Portadores de Necessidades Especiais. “Mais uma vez ficamos imensamente gratos ao Governo Municipal que ativamente nos auxilia e olha para nossos alunos de maneira carinhosa e amorosa”, destacou a presidente.

No termo, a administração compromete-se com o repasse de quase R$ 98 mil anuais para a entidade. “Nosso papel é sempre fazer o bem, e olhar para aqueles que realmente precisam é fundamental. Já é o sétimo ano que firmamos essa parceria e é muito gratificante ver que está gerando bons resultados”, comentou o prefeito.

Cultura / Política

Patrimônio Cultural de Siderópolis será discutido em seminário aberto à população

No dia 13 de março, Siderópolis será palco do seminário “Patrimônio Cultural e Referências Culturais de Siderópolis”. O evento é aberto à população, as inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo link.

O evento será dividido em dois momentos, no turno da manhã o Governo Municipal realizará encaminhamentos relacionados ao Conselho Municipal de Cultura e ao Sistema Estadual de Cultura, contando com a participação de representante da Fundação Estadual de Cultura (FCC).

No turno da tarde serão apresentadas as propostas para a integração interdisciplinar da temática “Patrimônio Cultural”, nos processos pedagógicos das escolas interessadas em desenvolver ações de educação patrimonial. Também serão realizadas palestras sobre o Patrimônio Cultural de Siderópolis.

“É muito importante discutir sobre o patrimônio do município e informar sobre datas e época de construções”, comentou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa “Alemão”.

A ação é viabilizada por meio da parceria entre o Governo Municipal de Siderópolis; Secretaria de Educação; Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), escritório técnico de Laguna; Fundação Catarinense de Cultura; Museu Ferroviário de Tubarão; Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina (UNESC); Escola Superior de Criciúma (ESUCRI); Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA); Fórum da Mulher Negra Sideropolitana; Movimento Conscientização Negra Cruz e Souza e Museu Ferroviário de Tubarão/SC, e, ainda integra as ações da Rede do Patrimônio Cultural de Santa Catarina, em Siderópolis.