Blog do Paulo Matias

Posts tagged gilsoncasagrande

Política

Amarildo De Brida assume vaga no Legislativo de Urussanga

O suplente de vereador Amarildo De Brida (MDB), tomou posse na tarde desta segunda-feira (19).

Amarildo irá ocupar a vaga da vereadora titular Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori, que solicitou licença de 30 dias para tratar de assuntos particulares.

A homologação do ato coube ao Presidente da Câmara Municipal, Gilson Casagrande (PP), em cerimônia ocorrida no Plenário da Casa Legislativa.

Empresário, oriundo de uma família que tem tradição na sigla local, o qual obteve o posto de segundo suplente nas eleições de 2016, Amarildo é o primeiro do MDB a assumir uma cadeira no legislativo nessa condição. Mas o presidente Vanderlei Rosso, garantiu que pelo mesmo prazo, virão em seguida virão Luiz Carlos Cardoso e Meri Mafra.

Política

Casagrande promove reunião entre prefeito e vereadores

O presidente da Câmara de Urussanga, Gilson Casagrande, fazendo frente a constante reclamação de alguns dos edis, sobre o que classificam como distanciamento entre o executivo e legislativo, interviu e o gestor municipal atendeu sua solicitação e irá receber os legisladores nesta terça-feira (19), às 17h, no Paço Municipal.

Casagrande observou que encontros como esse precisam acontecer para que sejam discutidos assuntos de interesse da população, onde devem também ser abordados temas em que existe discordância entre os dois poderes, uma vez que tratar dos mesmos e chegar a bom termo é compromisso dos eleitos.

O convite de forma oficial foi feito aos vereadores pelo presidente da Mesa, ao encerrar a reunião da última terça-feira, a qual foi transformada em Sessão Solene para homenagear os 60  anos dos Clube dos Treze.

Cultura / Destaque / Política

Legislativo Municipal de Urussanga homenageia Clube dos Treze pelos 60 anos de atividade

O Clube foi fundado por 13 membros no dia 13 de março de 1959 e comemora 60 anos de atividade nesta quarta-feira. O nome Clube dos Treze foi escolhido em alusão a Santa Ceia cristã composta por doze apóstolos e Jesus Cristo.

O clube de serviços nasceu no Bar do Germano, no Bairro da Estação, onde amigos se reuniam para jogar bochas. Atualmente as esposas dos 13 membros, apesar de não fazerem parte da Diretoria, atuam efetivamente em todas as atividades do Clube.

A bandeira do clube, nas cores amarela e azul, possui ao centro uma corrente de treze elos, entrelaçados com o lema “Camaradagem”, representando elos de uma corrente de amor ao próximo. A Sessão Solene em homenagem aos 60 anos da entidade foi proposta pelo vereador Elson Roberto Ramos e vereadora Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori.

A entidade se destaca pela prestação de vários serviços de assistência social e foi reconhecida como de utilidade pública, através da aprovação da Lei nº 611, de 11 de agosto de 1977. O Clube dos Treze auxiliou na construção do prédio da Casa Paroquial; do prédio da Rádio Marconi; do Centro Comunitário da Igreja Matriz e aquisição de equipamentos para o Hospital Nossa Senhora da Conceição e APAE.

O Clube dos Treze auxilia também as famílias carentes através da compra de remédios, pagamento de contas de água, energia elétrica, aquisição de cadeiras de roda e transporte para tratamento de pessoas doentes em outras cidades.

O Clube dos Treze, representado pelo presidente Everton De Villa Torres, homenageou algumas pessoas fundamentais para a construção da história de sucesso da entidade. Receberam homenagens Armando Ferdinando Bettiol, sócio fundador; Valentim Fernandes Tavares, representando todos os “ex-camaradas” e Otilde Saccom Concer, esposa de Germano Concer (in memorian) por disponibilizar o bar no Bairro da Estação, para que os camaradas pudessem realizar suas reuniões.

O Presidente Everton De Villa Torres em seu pronunciamento agradeceu a todos os que passaram pela entidade durante os 60 anos de trabalho comunitário. “Fazer parte de um Clube de Serviço é torna-se uma pessoa voluntária, comprometida e responsável, uma forma de sentir-se útil e mais humano. A verdadeira felicidade vem da humildade e do reconhecimento que sozinhos, somos muito pouco ou quase nada e a vida somente se completa com o real sentimento de amor e ajuda ao próximo”, destacou Everton.

Em seu discurso o Presidente do Legislativo Gilson Casagrande afirmou que em qualquer área de atuação, a prática do voluntariado requer muita sensibilidade, comprometimento, dedicação e responsabilidade.
“Criar uma entidade com o fim a que se dispôs o Clube dos Treze, com a consolidação de suas atividades durante estes celebrados 60 anos, merece reconhecimento e gratidão da comunidade urussanguense, que tantos benefícios presenciaram por meio das mãos amigas dos trezeanos”, registrou Gilson.

Sócios Fundadores: Adelino Bettiol , Armando Damiani, Armando Bettiol, Bruno Piacentini, Cid Nunes, Dionysio Damiani, Gentil Souza, Hamilton Dalssasso, Lirio Gazolla, Manoel Nicolazzi, Mário Abreu, Nicácio Fontanella e Rubens Mendes Martins.

Sócios atuais: Everton De Villa Torres, Valcir Moraes, Edevaldo Nascimento, Antonio Zanin, Nilton Rosso, Cláudio de Souza, André Rosso, Dorivaldo Apolinário, Everton Maestrelli, Ivo Serafim, Juvenal Barbosa, Luiz Marcos Bora e Vânio José De Bona Sartor.

Cultura / Destaque / Política

Vanir discursou em nome do Legislativo na noite em que mulheres Urussanguenses forma homenageadas

O Diploma Mulher Cidadã Urussanguense foi instituído pela Lei nº 2.587 de 18 de abril de 2013. As homenageadas deste ano foram indicadas pelos vereadores José Carlos José com o diploma para a senhora Erna Maestrelli Maccari, o vereador Braz Ciseski para a senhora Lisiane Marley Bonetti Fenili e a vereadora Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori com o diploma para Senhora Olga Bonetti De Nez.

A vereadora Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori (MDB), discursou em nome do Legislativo e ressaltou que as homenageadas são mulheres que inspiram e são verdadeiras protagonistas na construção de uma sociedade melhor.

“Às homenageadas merecem todo o carinho e admiração dos cidadãos em razão de suas trajetórias de vida, e pelo importante trabalho realizado em nosso Município. Seja por meio do ensino, da religião, da cultura ou de ações sociais, elas são exemplos de caridade, humildade, solidariedade, sabedoria, fé e compaixão”, registrou a vereadora.

O Presidente do Legislativo Gilson Casagrande (PP), afirmou que as homenageadas são mulheres que merecem o respeito de todos, pois se dedicam ao próximo, levantando diariamente as bandeiras da igualdade e da solidariedade.

Economia / Política

Reclamações sobre o Programa “Lar Legal” chegaram a Câmara

O vereador Vanderlei Marcirio (MDB), registrou a reclamação de moradores do Bairro de Villa, os quais informaram que o processo de regularização fundiária “Lar Legal” que atenderia os mesmos, foi extinto pela justiça porque a empresa responsável, X.PNG Incorporadora deixou de apresentar alguns documentos.

Segundo um primeiro levantamento feito pelos referidos moradores, a empresa não apresentou os documentos exigidos pela Justiça no decorrer da ação de regularização dos terrenos e o processo foi arquivado por descumprimento dos prazos.

Deco sugeriu que os moradores exijam judicialmente a devolução das parcelas pagas pelo serviço e garantiu que nos próximos dias os vereadores irão buscar mais informações sobre o caso e ainda tentar uma solução que possa garantir as escrituras aos moradores do Bairro De Villa.

Em 12 de junho de 2018, atendendo Requerimento do hoje presidente da Câmara de Urussanga, vereador Gilson Casagrande (PP) O Diretor Geral da X.PNG Incorporadora, Anselmo Pizzolo e a Advogada Alini Marcon, afirmaram que“A entrega das escrituras depende agora da manifestação de um dos três juízes que respondem por toda a demanda no Estado. Atualmente são aproximadamente 45 mil processos à espera de decisão em Santa Catarina e todos que aderiram ao programa irão receber as escrituras”.

Em resposta ao Blog, através do escritório da citada empresa, em Araranguá, a informação foi de que esses assuntos são tratados pelo setor jurídico da mesma, o qual atende somente as terças e quintas.

 

Política

Câmara de Urussanga elege nova mesa diretora

O Vereador Gilson Casagrande (PP) foi eleito o novo Presidente da Câmara Municipal de Urussanga para o exercício 2019 em votação ocorrida na noite desta terça-feira (18)

Vanderlei Marcirio (MDB) foi eleito com 7 votos contando com o apoio de edis de situação, Vice-Presidente ; como Primeiro Secretário permanece José Carlos José (PP) com 8 votos o qual já ocupou esse posto no ano que se encerra; e a Segunda Secretária será Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori (MDB) com 5 votos, ela que segundo alguns vereadores teria pedido apoio para ser eleita vice-presidente.

A votação aconteceu de forma aberta e nominal, como prevê o Regimento Interno do Legislativo Urussanguense. O Vereador Elson Roberto Ramos (MDB) alegou que a eleição estava decidida e se absteve de votar.

Gilson Casagrande agradeceu os votos e garantiu que todos os Vereadores estarão unidos no próximo ano representando a sociedade urussanguense e fazendo o melhor pelo desenvolvimento do Município.

Com a realização da última sessão do ano nesta terça-feira (18) o recesso parlamentar dos Vereadores inicia no dia 22 de dezembro e encerramento no dia primeiro de fevereiro de 2019.

Política

Casagrande deve ser confirmado como presidente da Câmara para 2019

Na eleição que acontece em 18 de dezembro, quando da última sessão legislativa de 2018, para a escolha da mesa diretora que irá comandar os trabalhos no ano que vem, o vereador Gilson Casagrande (PP) deve ser confirmado como presidente da Câmara.

Isso porque no início desta legislatura foi firmado um acordo por parte do PP e PDT com PT, que resultou na definição dos nomes que irão presidir a “Casa do Povo” durante os quatros anos.

Em razão deste, o vereador Marcos Silveira, que concordou com a proposta dos partidos de situação embora sua sigla  seja em tese de oposição, comandou em 2017, Odivaldo Bonetti agora em 2018 e assim Casagrande em 2019. Ficando 2020 para o também do PP, “Zé Bis”.

Consultado pelo Blog, Marquinhos afirmou, “Da minha parte sim. Acordo não se discute. Independentemente de qualquer coisa”.

“Fiel da balança”, na questão, Marquinhos ao ser perguntado sobre o seu futuro admitiu que recebeu propostas para a filiação de outros partidos, mas nenhuma foi analisada. E reiterou que a maior possibilidade é de deixar a vida pública no final do atual mandato. Ainda confirmando que continua trabalhando para constituir um sucessor.

 

Economia

Entrega das escrituras do “Lar Legal” depende dos três juízes que respondem por toda a demanda no Estado, afirmou X.PNG

O Diretor Geral da X.PNG Incorporadora, Anselmo Pizzolo e a Advogada Alini Marcon participaram de Sessão na Câmara de Vereadores de Urussanga nesta terça-feira (12).
A presença foi em atendimento a Requerimento de autoria do Vereador Gilson Casagrande (PP). Os representantes da empresa falaram sobre a regularização fundiária no município e os motivos do atraso na entrega das escrituras do Programa “Lar Legal”.

O programa tem o objetivo de legalizar áreas urbanas ocupadas em desconformidade com a legislação e cujos moradores não possuam reconhecimento formal de sua posse através de títulos públicos de propriedade.

O “Lar Legal” é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Assistência Social Trabalho e Educação, com o apoio do Ministério Público de Santa Catarina, Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça do Estado.

De acordo com Pizzolo o projeto teve início em Urussanga em 2012 com a solução de várias pendências burocráticas em relação aos terrenos beneficiados. Em 2015 começou efetivamente o trabalho de campo que sofreu alguns atrasos devido à dificuldade dos interessados em reunir toda a documentação necessária.

“Muitos não acreditavam no projeto e outros demoraram em conseguir os documentos solicitados e isso acabou atrapalhando o andamento do programa”, explicou Pizzolo.

O Vereador Gilson Casagrande solicitou aos representantes da X.PNG ao menos uma reunião semestral nos Bairros beneficiados com o programa para manter a população informada sobre o andamento dos processos.

A Advogada Alini Marcon esclareceu que foram concluídos os trabalhos de campo no Bairro Dois Rios com 61 famílias, no Bairro Pirago com 17, na Matrícula Benedet com 14, no Loteamento Dal Toé com 19, na Matrícula Magagnin com 13, no Loteamento Scarpatto com 40 famílias, no Bairro Brasília com 8 e no Bairro Rio América com 27 famílias.

“A entrega das escrituras depende agora da manifestação de um dos três juízes que respondem por toda a demanda no Estado. Atualmente são aproximadamente 45 mil processos à espera de decisão em Santa Catarina e todos que aderiram ao programa irão receber as escrituras”, registrou Alini.

O valor das escrituras para pessoas de baixa renda é de R$ 900,00 divididos em 20 parcelas de R$ 45,00 para as áreas urbanas de interesse social.

Cultura / Economia / Política / Turismo

Estacionamento Rotativo: Estudos aguardam pela conclusão das obras da Praça, afirma Casagrande

O assunto voltou à tona ontem na sessão acalorada da Câmara de Vereadores de Urussanga e o líder do governo, Gilson Casagrande (PP), trouxe a última informação a respeito.

Segundo o edil, o governo municipal está aguardando o término das obras da revitalização da Praça Anita Garibaldi e em torno, para dar continuidade aos estudos que visam a implantação do Estacionamento Rotativo na área central da cidade.

Política

Casagrande revela que se mantem em contato com seus eleitores

O vereador eleito pelo PP com o maior número de votos (828) nas eleições de 2016, Gilson Casagrande “Casagrande”, participou da Série Especial de entrevistas da Rádio Cidade 93.5 FM, “Um ano depois”, onde afirmou que seu foco inicial é contribuir para que o homem do campo tenha o máximo de suporte por parte do poder público municipal além claro daquele que considera o principal desafio da atual gestão que é área da saúde.

Sobre o acordo firmado antes da posse dos edis, que definiu a presidência da mesa no segundo, terceiro e quarto ano da legislatura para os membros da bancada do PP, Casagrande disse acreditar que esse será cumprido.

Quando perguntado a respeito das eleições das eleições de 2018, o vereador citou Jorge Boeira no âmbito federal e José Milton Scheffer no estado, pontuando, “acompanho, mantenho contato com meus eleitores com os quais pretendo contar nas eleições do ano que vem, desde o ano passado, semanalmente visito alguns destes, não vou reencontra-los só na próxima campanha”.