Blog do Paulo Matias

Posts tagged AnaCarolineCampagnolo

Cultura / Política

ACAERT, ACI, SJSC e FENAJ denunciam deputada por quebra de decoro parlamentar

A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACAERT), a Associação Catarinense de Imprensa (ACI), o Sindicato do Jornalistas de Santa Catarina (SJSC) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), protocolaram nesta segunda-feira (15), na Assembleia Legislativa uma representação por quebra de decoro parlamentar contra a deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL).

A deputada proferiu ofensas contra jornalistas e agrediu verbalmente um profissional do jornal Notícias do Dia, do Grupo RIC, durante uma entrevista. A publicação investigava o suposto uso de diárias da ALESC em dias de lançamento de um livro de autoria da parlamentar. Para comprovar reportagem, o jornal cruzou os dados entre agenda da parlamentar e do Portal da Transparência do Legislativo.

A representação por quebra de decoro parlamentar segue para a presidência da Assembleia Legislativa que deve encaminhar sua tramitação para a Comissão de Ética e Decoro parlamentar.

Política

PSL quer definir executivas municipais até maio, com foco em 2020

Os integrantes da Executiva catarinense estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira (8), na sede do partido, na capital, em encontro conduzido pelo presidente estadual, Lucas Esmeraldino.

Entre os assuntos abordados, esteve em pauta a definição das composições das comissões provisórias municipais. Ficou acordado que os parlamentares do partido, em conjunto com o presidente Lucas Esmeraldino, farão um levantamento de todos os municípios, para posteriormente, analisar cada movimento, em novo encontro da executiva estadual, agendada para o mês que vem.

A expectativa é de que, até início de maio, boa parte das executivas municipais estejam devidamente homologadas pelo órgão partidário estadual. “Fomos um dos partidos que mais apontou um crescimento constante e gradativo, no último ano, composto por lideranças que buscam abrigo num partido sério, com política e posição definidas. De nanico, o PSL se tornou gigante. Agora, seguimos unidos e mais fortes do que nunca, alinhados, sintonizados e focados no fortalecimento da sigla e, também, em fazer o maior número de prefeitos em Santa Catarina, em 2020. Juntos, temos a certeza, faremos um partido ainda melhor e maior”, enfatiza o Presidente do PSL, Lucas Esmeraldino.

Durante o encontro, também esteve na ordem do dia a discussão das composições dos segmentos jovem e feminino do PSL/SC. Na oportunidade, também foi apresentado um documento assinado por mais de duzentas mulheres filiadas ao partido, incluindo a deputada estadual Ana Caroline Campagnolo e suplentes de deputadas, conclamando a vice-governadora, Daniela Reinehr, a assumir a presidência do PSL Mulher.

Para o secretário geral da sigla e deputado federal, Daniel Freitas, os próximos passos da sigla darão continuidade num projeto grandioso, iniciado no ano passado e reafirmado com o sucesso no último ano. “A partir de agora, iniciamos o processo de reconstrução das executivas municipais e crescimento da sigla, reconhecendo e formando líderes que darão continuidade e trabalharão alinhados com os projetos nas esferas estaduais e federais, tendo os deputados estaduais, federais, o Governador e o Presidente da República como grandes parceiros no desenvolvimento e renovação dos Executivos e Legislativos Municipais”, finaliza.

Ao final do encontro a conclusão era de que a Executiva Estadual do Partido Social Liberal (PSL) de Santa Catarina alinhou estratégias, harmonizou pontos de vista, definiu metas e já foca nas eleições de 2020.

Cultura / Política

Deputada Paulinha (PDT) rebate críticas à roupa que usou no dia da posse

Na primeira sessão da assembleia legislativa de Santa Catarina a parlamentar comentou, “recebi muitos elogios e críticas ao meu decote, as quais aceito humildemente, fui atacada de diversas formas, até com menção de violência, vamos representar cada uma desses comentários violentos”. A ex-prefeita de Bombinhas ainda ressaltou que Santa Catarina é o quarto estado em que as mulheres são mais maltratadas.

“É preciso romper com o ciclo terrível de violência, uma pauta de homens e mulheres”, reiterou a deputada estadual.

Ada de Luca (MDB) e Ana Caroline Campagnolo (PSL) manifestaram apoio à colega.

“Sabia que Vossa Excelência faria um pronunciamento, estamos organizando a frente parlamentar contra a tortura, foi tortura, temos livre arbítrio, temos o direito de fazermos o que quisermos”, argumentou Ada.

“Uma situação triste, ofendida por diversas formas”, avaliou Ana Caroline, que criticou a vinculação, por parte da mídia, das críticas violentas ao decote à ascensão do conservadorismo. “Como se os conservadores fossem violentos”, reagiu.

Política

No PSL, estaduais ao contrário de federais apoiam Esmeraldino

Os deputados estaduais eleitos pelo PSL, contrariam os deputados federais e assinaram uma nota de apoio ao presidente estadual Lucas Esmeraldino, elogiando o trabalho feito pelo mesmo na organização do partido em Santa Catarina em 2018.

Esse aval é assinado por Ricardo Alba, Ana Caroline Campagnolo, Coronel Mocellin, Felipe Estevão, Jessé Lopes e Sargento Lima.

Em um trecho da nota reiteram o “o extraordinário trabalho na montagem e condução do partido no Estado, sendo fundamental na vitoriosa eleição ocorrida em 2018”.

Por outro lado, ontem, três dos quatro deputados federais eleitos pelo PSL no estado, inclusive é representante de Criciúma, Daniel Freitas, de Criciúma, entregaram no Diretório Nacional um pedido formal de destituição da executiva estadual presidida por Lucas Esmeraldino.

Nessa mesma direção, surgiram manifestações afinadas com os federais por filiados de Chapecó, Jaraguá do Sul e principalmente no sul do Estado, inclusive Tubarão, cidade de Esmeraldino.