O governador Carlos Moisés anunciou no fim da tarde desta segunda-feira (23), a prorrogação por mais sete dias determinações de restrição do convívio social no estado. Dessa maneira, as medidas passam a valer até a próxima terça-feira (31). A decisão constará em novo decreto a ser editado pelo Executivo, que traz também uma compilação das decisões anteriores e esclarece dúvidas. A publicação no Diário Oficial do Estado ocorrerá ainda hoje.

De acordo com o governador, as medidas restritivas possuem embasamento técnico e observam práticas bem-sucedidas em outros lugares do mundo. O objetivo é frear a evolução dos novos casos confirmados em Santa Catarina  onde já foram registrados 86 casos da doença, conforme a última atualização.

“O isolamento social é o melhor remédio para evitar a proliferação em massa do novo coronavírus. Essa é uma crise que deve se agravar e precisamos permanecer em nossas casas o máximo de tempo possível. O reflexo das medidas de restrição se dará a partir da semana que vem, por isso tomamos essa decisão”, afirmou.

Ainda durante a sua entrevista coletiva online, Carlos Moisés comentou a reunião por videoconferência realizada pelos governadores do Sul e Sudeste nesta manhã. O encontro contou com a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Segundo o chefe do Executivo catarinense, houve uma importante troca de experiências e o alinhamento de ações conjuntas entre os estados

“Fizemos alguns alinhamentos entre as esferas estadual e federal. Posso dizer que foi uma reunião produtiva e construtiva”, disse Carlos Moisés.

O governador também confirmou que terá uma reunião virtual com o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta terça-feira.