Depois de divulgada a razão pela qual o chefe do executivo não abriu os trabalhos do Legislativo na primeira sessão do ano seguindo a tradição da Casa, foi anunciado pela própria Câmara que o mesmo faria sua participação na noite de ontem.

No entanto, algumas horas antes da Sessão Ordinária, o Paço comunicou que a sua participação foi cancelada na oportunidade por “motivos de ordem administrativa no âmbito da prefeitura de Urussanga”.

Hoje ao Blog o Paço afirmou que o gestor não conseguiu cancelar um outro compromisso assumido para a mesma data e horário.