O ex-governador Raimundo Colombo considera um absurdo e um desrespeito aos catarinenses o governo do Estado insistir no aumento de impostos. “A sociedade já deixou claro que não aceita, que não quer e que não se justifica”, lamenta. “Carne de frango, carne suína, gás de cozinha, água mineral, tudo mais caro. A mesa do trabalhador vai sofrer e ter menos comida. Não podemos aceitar”.

Além disso, segundo Colombo, Santa Catarina vai perder competitividade, porque Paraná, Rio Grande do Sul e outros estados não aumentaram ICMS. “E os produtos para o exterior, como é que fica? E o emprego que gera o desenvolvimento de Santa Catarina”, questiona o ex-governador.

Raimundo Colombo lembra que ao longo do tempo SC soube construir um modelo que a fez admirada. “É o melhor Estado do Brasil, um dos que mais se desenvolve. Tem que ter humildade e coragem e voltar atrás. Rever a decisão de aumentar imposto. Esse é o caminho e é isso que esperamos que aconteça”, observa Colombo.