O ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta sugeriu que Congresso Nacional adie as eleições municipais previstas para outubro deste ano.

A medida seria para combater o contágio do novo coronavírus no país. A afirmação foi feita na manhã deste domingo (22), durante a reunião por videoconferência com prefeitos.

“Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: adia, faz 1 mandato desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano seria uma tragédia, porque vai todo mundo querer fazer ação política”, afirmou.

A discussão sobre o adiamento das eleições é real e já vem acontecendo. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou no último dia 18 que, “até o momento”, o cronograma estava mantido.

Nos bastidores, ministros já consideram que a Corte precisa estar preparada para eventuais mudanças de prazos ou normas. As convenções partidárias estão marcadas para o período de 20 de julho a 5 de agosto.