Blog do Paulo Matias

Navegando na categoria Política

Política

Eleições 2020: Entes sediados em Florianópolis sondam possíveis coligações para eleição municipal de Urussanga

Depois do pleito de 2016 e seu desfecho, ouve a percepção admitida ou não de políticos dos partidos locais sobre a possibilidade de coligações que não aconteceram na oportunidade.

Enquanto alguns discretos gestos são feitos por lideranças municipais, entes sediados na Capital do estado já foram mais específicos e sondaram alguns destes, perguntando sobre possíveis composições.

Ao mesmo tempo, a cada dia mais dúvidas vão surgindo sobre a participação efetiva de novos partidos na referida eleição de Urussanga, uma vez que alguns desses não estão conseguindo demonstrar as necessárias estruturações para concorrer.

Cultura / Destaque / Política / Sem categoria

Siderópolis sanciona Lei que proíbe nomeação de pessoas condenadas pela Lei Maria da Penha

O prefeito Hélio Cesa, sancionou duas importantes leis na tarde dessa terça-feira (23). As alterações na legislação municipal foram propostas pelo vereador Clademir Manoel de Souza e aprovadas pelo legislativo de Siderópolis.

A primeira diz respeito à Lei que veda a nomeação para cargos em comissão de pessoas que tenham sido condenadas pela Lei nº 11.340 – Lei Maria da Penha. No mesmo ato também sancionou a Lei que cria o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Siderópolis (Comdims).

Helio Cesa comemorou o que considera avanço para o município. “Com certeza são conquistas para Siderópolis. No mundo atual é necessário dar atenção especial para a população feminina. O Comdims e o impedimento de contração de cargos que tenham afetado o respeito pelas mulheres, irão aumentar ainda mais a conscientização dos cidadãos quanto à violência que deve ser interrompida”, comentou o prefeito, ao lado do vice-prefeito, Xande Feltrin e lideranças municipais.

 

Política

PSDB catarinense ficará com Tebaldi

Com o agradável termo agradável “consenso”, o PSDB de Santa Catarina anunciou que o ex-deputado Marco Tebaldi assumira a presidência estadual do partido.

Assim como o MDB, o PSDB Barriga Verde não conseguiu seque anotar a placa quando do acontecido de outubro passado. E deste vieram os fatos subsequentes como principalmente a saída de quem sabe a maior liderança qualificada como renovação, o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes.

Trazendo o assunto para a nossa região, a deputada que foi na contramão do Tsunami, conseguindo ainda dobrar sua votação, Geovania de Sá, a qual já conta grande reconhecimento em Brasília sinalizou internamente ao partido que não tinha interesse no cargo.

Semelhante novamente ao citado MDB, o PSDB do estado se vê quando busca reinserir-se no cenário entre o antigo e o novo.

Política

Eleição para prefeito de Criciúma pode ter ganhado um novo candidato

Depois de um discurso forte feito na Câmara de Vereadores ontem, o empresário Gilson Pinheiro que ainda não tem filiação partidária, pode ter sinalizado sua entrada do na disputa pela prefeitura de Criciúma em 2020.

Um grupo liderado por Pinheiro já vem se mobilizando e teria buscado para concorrer ao cargo o também empresário, César Smielevski, o qual declinou da possibilidade.

Convidado para falar no legislativo sobre a obra do rebaixamento e da passagem de pedestres que estão sendo preparadas pela administração de Salvaro, na Avenida Centenário, Pinheiro fez duras criticas ao atual prefeito.

Gilson Pinheiro foi um dos fundadores do PSDB em Criciúma, em 1989, mas acabou não seguindo carreira, uma vez que se mudou para Florianópolis onde conduziu seus bem-sucedidos negócios e acabou se desfiliando do referido partido.

Por enquanto a cidade polo da região convive com alguns possíveis nomes para o próximo pleito municipal. Assim, na busca pela reeleição Clésio Salvaro deve enfrentar o novo comportamento do eleitor, surgido em outubro passado e os prováveis candidatos que também acreditam no momento político do país.

Política

MDB de SC define oposição à cúpula nacional e data da convenção estadual

Em reunião da executiva estadual, no diretório do partido, em Florianópolis, nesta segunda-feira (22), os líderes da sigla definiram a data de 1º de junho para a realização da convenção estadual que vai eleger a nova executiva para os próximos dois anos.

Os emedebistas também validaram um movimento, que será liderado por Santa Catarina, para construção de uma chapa, conjunta com outros estados, para participar da convenção nacional do partido, marcada para o dia 4 de setembro deste ano. De acordo com o presidente Mauro Mariani, o MDB Santa Catarina detém 10% dos delegados do partido.

O senador Dário Berger e o deputado federal, Celso Maldaner, foram incumbidos de encabeçar o movimento, buscando o apoio de outros estados para compor uma chapa forte, com possibilidade de fazer frente à atual cúpula nacional.

A expectativa é de que o Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco e o Mato Grosso do Sul se incorporem ao movimento catarinense. Segundo Berger, as conversas já foram iniciadas, sendo que o a senadora Simone Nassar Tebet, poderá presidir a chapa.

“Estamos trabalhando para somar esforços e construir um projeto sólido e representativo que realmente represente o MDB”, disse Berger.

Os ex-governadores Eduardo Moreira e Paulo Afonso destacaram que a ação é fundamental, não só para marcar posição, mas para destituir àqueles que mancharam a história do MDB em nível nacional.

 

Economia / Política

Apresentação do Cronograma e entrega de Revista das obras já realizadas não acontece como prevista

A administração municipal de Urussanga deve ter transferido e evento previsto para esta semana antes do feriado de Páscoa, que aconteceria no Sociedade Recreativa Urussanga.

O objetivo do mesmo seria  apresentar aos munícipes o cronograma de obras nas quais serão aplicados os valores do financiamento de R$ 14,5 milhões, somados ao superávit de 2018, de quase R$ 5 milhões além do saldo fruto de emendas parlamentares algo em torno de 1,5 milhões, repetidamente solicitado especialmente na Câmara de Vereadores, desde de dezembro passado quando o primeiro citado foi contraído, também oportunidade em que seriam entregues aos presentes uma revista que vem sendo elaborada a bastante tempo, onde constarão as obras e ações realizadas pelo executivo nestes mais de dois anos de governo.

Aguardado com expectativa o referido cronograma, trará uma noção aos urussanguenses, se haverá tempo hábil até meados de 2020, ou seja, pouco mais de um ano até novo período eleitoral, para a realização de todas obras imaginadas graças a destinação do referido montante, que nenhum governante teve reunido, até hoje na história da cidade.

O Blog contatou a administração sobre a realização deste, mas não teve resposta.

Economia / Política

Testemunha não reconhece assinatura em contrato da Ponte Hercílio Luz

O proprietário de uma empreiteira que realizou serviços na Ponte Hercílio Luz não reconheceu como sendo sua a assinatura que consta em um termo aditivo referente a contrato assinado com o governo estadual, em 1990. Ele foi ouvido, na tarde desta terça-feira (16), pelos membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina para investigar possíveis irregularidades nas obras da citada ponte em Florianópolis.

Sebastião Moraes Mattos, proprietário da Vivenda Construções, de Criciúma, foi a primeira testemunha ouvida pela comissão. A empresa dele celebrou contrato com o antigo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para realizar serviços na ponte e, conforme o relator da CPI, deputado Bruno Souza (PSB), atuou entre setembro de 1990 e janeiro de 1992.

De acordo com o deputado, quatro dias após a assinatura do contrato com a Vivenda, no valor de 304 mil de cruzeiros, foi assinado, com a mesma empresa, um termo aditivo, no valor de 15 milhões de cruzeiros. Mattos afirmou não se lembrar de termos aditivos

Bruno mostrou à testemunha uma cópia do contrato. Ela não reconheceu como sendo sua a assinatura. Para provar, mostrou que a assinatura que consta em sua Carteira de Identidade é diferente daquela que seria referente à Vivenda no termo aditivo.

“Até me surpreende isso”, afirmou Mattos, referindo-se ao aditivo. “Absolutamente, essa assinatura não é minha. Não acredito que foi de um procurador nosso”, completou.

De acordo com a testemunha, a Vivenda venceu a licitação para fazer serviços de manutenção, não de restauração, “que não eram grandes”, como jateamento e pintura da Hercílio Luz. O contrato, no entanto, foi rescindido antes da conclusão dos serviços. Segundo Mattos, havia problemas para receber do Estado.

“Eles [Estado] não estavam contentes com a gente e nós não estávamos contentes com eles”, comentou. “Chegamos num ponto de sufocamento, pois não recebíamos pelo serviço. Até que eu disse, paga o que vocês estão devendo que eu saio”.

O proprietário da Vivenda lembrou que sua empresa foi desclassificada na licitação, mesmo apresentando o melhor preço, mas conseguiu assinar contrato com o Estado após entrar na Justiça. Mattos acrescentou, ainda, que não acompanhava o dia a dia dos serviços prestados pela Vivenda, ficando essa atribuição sob responsabilidade do engenheiro responsável, do qual não recordou o nome. Ele também se comprometeu a apresentar à CPI, em 14 dias, os documentos que possui sobre os serviços prestados pela Vivenda.

 

Destaque / Política

Amarildo De Brida encerra período de permanência no Legislativo Municipal

O suplente Amarildo De Brida (MDB), encerrou nesta terça-feira (16), o período de 30 dias em que assumiu a condição de vereador no Legislativo Municipal.

Amarildo agradeceu ao partido, em nome do presidente do MDB, Vanderlei Olívio Rosso, a vereadora Vanir Zuleima Mazzuco Cacciatori, titular da vaga e os colegas de partido, vereadores Elson Roberto Ramos e Vanderlei Marcirio.

Ainda na tribuna, o mesmo fez elogios à forma como os trabalhos são conduzidos pelo presidente da Casa Gilson Casagrande (PP) e ressaltou o comprometimento de todos os vereadores com o desenvolvimento do município.

No período que esteve no Legislativo Amarildo participou de cinco Reuniões Ordinárias, duas Reuniões extraordinárias, reuniões da Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação e discussão do Plano Diretor através de diversas Audiências Públicas.

A “gente boa” Amarildo De Brida, soube representar seu partido e atuar como legislador de forma ponderada, deixando uma boa impressão na Casa. Ele, que não descarta a possibilidade de concorrer novamente ao mesmo cargo em 2020.

Cultura / Política

Casagrande quer acessibilidade para que idosos e deficientes cheguem ao gabinete do prefeito

O atual presidente da Câmara de Vereadores, Gilson Casagrande, deve entrar com um requerimento já próxima semana, para apreciação e votação dos demais edis, o qual irá solicitar a instalação de um elevador para que os cidadãos idosos e portadores de deficiência física possam acessar andar superior da prefeitura municipal.

Casagrande informou ao usar a tribuna que já conversou com o Prefeito e solicitou obras de acessibilidade no prédio, e observou, “todos os urussanguenses precisam ter acesso, hoje muitas pessoas não conseguem chegar ao gabinete do prefeito”.

Economia / Política

Membros da Comissão pró hospital da Câmara estão otimistas em Brasília

Ao final de mais um dia de visitas, contatos e pleitos junto ao deputados federais catarinenses, os membros da Comissão Permanente da Câmara Municipal de Urussanga, que viajaram para Brasília em companhia do Diretor do Hospital Nossa Senhora da Conceição, Arnaldo Bez Bati, se mostraram bastante confiantes com os resultados que poderão obter em favor da instituição.

Segundo “Bonetinho”, é possível definir a viajem como bastante produtiva, o que aponta para boas novidades em termos de aportes financeiros num futuro próximo em favor do HNSC.

Estão na Capital Federal os demais integrantes, Jair Nandi, Vanderlei Marcirio e Marcos Silveira.