Blog do Paulo Matias

Navegando na categoria Economia

Economia / Política

Cleiton Salvaro comemora a emissão de passaporte Italiano em Santa Catarina

Já está em funcionamento no Consulado Honorário da Itália em Florianópolis, o equipamento que colhe os dados dos interessados em fazer o passaporte italiano.

O atendimento era realizado em Curitiba, ou Porto Alegre. E o deputado estadual comemora porque dedicou-se muito em prol dessa conquista, realizando reuniões com os governos de Santa Catarina e da Itália.

Segundo Cleiton, o sonho de um Consulado De Carreira começa a se tornar realidade.

No início serão emitidos 20 passaportes por mês com preferência a idosos, viagens emergenciais e casos de doenças, mas a intensão é aumentar o número de atendimentos em breve.

Na avaliação do deputado, candidato a releição, trata-se do atendimento de uma reivindicação antiga e uma conquista de Santa Catarina.

Os agendamentos podem ser realizados pelo e-mail: passaporti.florianópolis@gmail.com

 

Economia / Política

Vereador questiona as nomeações de Chefe de Gabinete e Assessor de Gabinete por parte do prefeito

Integrante da bancada de oposição, Elson Roberto Ramos (MDB), levou a tribuna da Câmara na reunião ordinária desta terça-feira (18), o questionamento sobre as nomeações por meio de decretos, os quais o edil tinha cópia em mãos, inclusive baixados na mesma data, de servidores para os cargos de Chefe de Gabinete e Assessor de Gabinete.

Segundo o vereador a decisão vai contra o discurso de contenção de gastos, repetido pelo prefeito.

Em resposta a esse Blog, a administração afirmou que considera a informação totalmente improcedente no que se refere ao foco na economia e redução de custos da atual gestão, já que desde o início de 2017 vem trabalhando com esse propósito. E uma prova disso foi a grande redução de cargos na Prefeitura, incluindo também o número de comissionados que eram 33 e foram reduzidos para apenas 11 no início da gestão. Ressaltando que a atual gestão foi iniciada sem a chefia de gabinete e até setembro de 2018, trabalhando exclusivamente com um assessor de gabinete, que pela função recebia o equivalente a ¼ do salário do profissional que exercia a função de chefe de gabinete na gestão anterior. Concluindo que com a crescente demanda de trabalho, em setembro de 2018, foi realizada a nomeação do chefe de gabinete. No entanto, a soma do valor pago aos dois servidores (chefe de gabinete + assessor de gabinete) é menor do que o valor pago a um único servidor que exercia especificamente a função de chefe de gabinete na última gestão.

Economia / Política

Plano Diretor será revisado por empresa conhecida no dia 24

Ao completar 10 anos no último dia 1º de julho, o Plano Diretor de Urussanga, por força de lei precisa ser revisado. Mas se não por isso em razão das inúmeras observações feitas por representantes de diferentes seguimentos da sociedade no decorrer dessa última década também já haveriam razões para tal procedimento.

Críticas tem surgido, principalmente no legislativo urussanguense, pelo fato da administração municipal não ter tomado providencias relativas, desde o início do ano.

Na reunião ordinária da Câmara realizada ontem, o presidente da casa, Odivaldo Bonetti, trouxe a informação de que no próximo dia 24, a empresa vencedora da licitação para realizar a referida revisão será conhecida.

A expectativa reside agora na realização efetiva do processo, que deve contar com reuniões e consultas feitas a população local, uma vez que na opinião de alguns empresários, mudanças se fazem urgentes.

Cultura / Destaque / Economia / Turismo

Festival da Cerveja Artesanal encerra com recorde de público e de atrações

Recorde de público, atrações, cervejarias e tipos de Chopp. Assim pode ser definida a segunda edição do Festival da Cerveja Artesanal, que ocorreu nesse fim de semana, entre 14 e 16 de setembro, em Urussanga. Contando com atrações para a família, o evento atraiu visitantes do todo Sul catarinense, que mesmo com a chuva não se deixaram intimidar e aproveitaram tudo que era possível. O sucesso deste ano foi tão grande que a terceira edição já tem data marcada: ela deve ocorrer entre 13 e 15 de setembro de 2019, com ainda mais novidades.

De acordo com um dos organizadores, Rangel Quaglioto, o diferencial do Festival está na qualidade daquilo que é oferecido ao público. “Pensamos em cada atração musical com muito carinho, trouxemos as melhores cervejarias e a gastronomia estava bastante diversificada, harmonizando com as cervejas disponíveis. O evento vem tomando proporções significativas, e isso nos faz pensar em mais novidades ao público que confia no nosso trabalho e vem prestigiar”, aponta ele.

À disposição do público estiveram mais de 20 cervejarias, responsáveis por trazer aproximadamente 120 tipos de Chopp. Na Praça de Alimentação, sete restaurantes produziram de hambúrgueres a waffles, de petiscos a pizzas.

Bandas regionais e a nacional Acústicos & Valvulados garantiram aquele rock de qualidade. Para o sócio proprietário da cervejaria Birra Del Nonno, o resultado não poderia ter sido melhor. “Superou todas as nossas expectativas, com certeza!”. 

Cultura / Economia / Política / Turismo

Prefeitura intensifica investimento na cultura, em Orleans

A Administração Municipal entende que Orleans é a Capital da Cultura. Muito antes do incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro (RJ), a preocupação com o patrimônio cultural da cidade já era evidente. No dia 05 de julho a prefeitura assinou convênio com a Fundação Educacional Barriga Verde (Febave),  para a reforma e manutenção do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, por meio de recursos provenientes da Prefeitura Municipal de Orleans.

Com o auxílio financeiro da prefeitura no valor de R$ 50 mil, a proposta é estabilizar a degradação que a unidade da Casa de Pedra está sofrendo. Segundo a diretora do museu, a museóloga Valdirene Dorigon, a medida contribui na melhoria da segurança do público no local, bem como do acervo histórico depositado na Casa de Pedra.

Para o prefeito Jorge Koch os investimentos em cultura e lazer, estão resgatando o desenvolvimento da identidade cultural de Orleans, e investir na cultura é investir nas pessoas: “nossa cidade é considerada a ‘Capital da Cultura’, as pessoas daqui são gostam de livros, arte, museus, poesia e museus, vamos viver bem esta terra”, relatou JK ao lado do vice-prefeito Mário Coan, que lembra que uma boa administração tem que estar atenta antes de acontecer tragédia: “muito antes do incêndio no Museu Nacional, a prefeitura já fazia a sua parte no cuidado com os nossos museus”, finalizou o vice-prefeito.

Casa de Pedra
A Casa de Pedra foi uma obra realizada pela Fundação Educacional Barriga Verde, com o apoio do Lions Clube, e participação do Governo Municipal e Governo Estadual, comunidade e empresários e simpatizantes dos projetos de preservação do patrimônio cultural de Orleans. Obra que foi iniciada por volta de 1986, sendo que a conclusão e a retomada da obra aconteceram em 2001, por iniciativa da Fundação Educacional Barriga Verde, da Plaszom – Indústria de Plásticos, e da Prefeitura Municipal de Orleans.
A partir deste momento, a Casa de Pedra passou a abrigar o Centro de Documentação Histórica Plínio Benício – CEDOHI, a reserva técnica, o acervo da unidade Museu da Imigração Conde D’Eu, a Biblioteca Histórica Etienne Stawiarski e o laboratório de conservação e restauração.

Unidade Museu da Imigração Conde D’ Eu
O Museu da Imigração Conde D’Eu foi inaugurado em 30 de agosto de 1970 nas dependências do Seminário São José  em Orleans. São muitas coleções que compõem o referido acervo: ferramentas de trabalho; utensílios domésticos; imagens e objetos sacros; objetos de adorno, de conforto e auxílio pessoal; mobília; objetos de adorno para interiores de residências; numismática; acervo arqueológico; indumentárias; uma coleção de minérios regionais; dentre outros.
Este acervo começou a ser formado em 1967, através de um trabalho realizado pelo Seminário São José e coordenado pelo Padre João Leonir Dall’Alba. No ano de 2002, o museu foi reaberto para visitação, já instalado na Casa de Pedra, no Museu ao Ar Livre Princesa Isabel.

Biblioteca Histórica Etienne Stawiarski
Neste local encontramos um acervo com obras raras nas mais variadas áreas do conhecimento: Biologia, Religião, Medicina, Matemática, Literatura, Português, Mecânica, Astrologia, Psicologia, Geometria, Eletricidade entre outros. Indicar as áreas de assunto abrangidas pelo acervo.
Ex.: História da arte, arqueologia, museologia, história regional.
Esta coleção pertenceu a um dos Superintendentes da Empresa de Terras de Colonização: Etienne Gaudenty Stawiarski. Em sua homenagem e como forma de agradecimento, a biblioteca foi intitulada de Biblioteca Histórica Etienne Stawiarski.

Centro de Documentação Histórica Plínio Benício
Este centro é dotado de documentos referentes à Empresa Colonizadora Grão Pará, que pertenceu ao Conde D’Eu e a Princesa Isabel, formada com o intuito de incentivar a imigração e de vender as terras, do dote de casamento da Princesa. Com a Proclamação da República a empresa deixou de pertencer ao casal Imperial e mudou o nome para Empresa Colonizadora do Brasil. A primeira sede da empresa foi provisória em de Braço do Norte, depois construíram uma nova sede em Grão Pará, mais tarde mudou-se pra a cidade de Orleans.

Cultura / Destaque / Economia / Publicidade / Turismo / Vídeo

Festival da Cerveja Artesanal reúne mais de 100 tipos de Chopp neste fim de semana

Mais um grande evento está prestes a iniciar na cidade de Urussanga. Com a expectativa de receber milhares de pessoas de todo Estado, a segunda edição do Festival da Cerveja Artesanal reúne, no Parque Municipal Ado Cassetari Vieira, 23 cervejarias que apresentarão mais de 100 tipos de Chopp aos visitantes.

O evento ocorre entre 14 e 16 de setembro, de sexta-feira a domingo, na Praça D’Itália, e reunirá uma série de atrações para toda a família, desde as atividades relacionadas ao mundo cervejeiro até gastronomia regional, música de qualidade e espaço Kids para as crianças.

Além das atividades tradicionais, neste ano algumas surpresas também esperam os visitantes. Sorteios serão realizados em alguns momentos específicos, assim como será eleita a “Cervejaria da Galera”, com votação popular da cervejaria que mais agradou o público. Haverá também uma escolha técnica para eleição da melhor cerveja presente no Festival.

“As pessoas encontrarão um evento de qualidade, com conforto e segurança. A programação foi definida com muito critério e preocupação, para que o som, o ambiente e as cervejarias tivessem uma boa harmonia entre si. O Festival será ideal para passar bons momentos com a família”, aponta o organizador Rangel Quaglioto.

Outro diferencial serão as atrações musicais, entre elas o show nacional com Acústicos & Valvulados, que apresentam-se na noite de sábado.

Importante:

– As portas do Festival serão abertas na sexta-feira, às 18 horas, seguindo até as 02 horas. No sábado, o horário de funcionamento será do meio-dia às 02 horas, e no domingo, entre meio-dia e 18 horas.

– Mais de 20 cervejarias estarão oferecendo mais de 100 tipos de Chopp’s e cervejas artesanais. Os valores dos copos de 300 ml deverão custar entre R$6 e R$12, conforme a marca e o tipo.

– O valor da entrada será de R$10, com exceção do sábado, a partir das 20 horas, quando passará a ser cobrado R$15. Alguns pontos de venda ainda estão comercializando o passaporte no valor de R$20 para os três dias.

– Durante todo o evento haverá brincadeiras para as crianças com a monitoria da Palhaça Narizinho e restaurantes servindo petiscos, hambúrgueres, carnes, e outras opções que harmonizam bem com as cervejas.

Cultura / Economia / Política / Turismo

Despesas com locação de banheiros poderiam ser menores caso a promessa fosse cumprida

Ao conhecerem os valores referentes a locação dos dois modelos diferentes de banheiros utilizados na Festa do Vinho, alguns dos vereadores de Urussanga, observaram que esse montante poderia ser menor caso a administração pública, como prometeu, tivesse construído os amplos modernos, masculino e feminino.

um ano atrás, na da prestação de contas da edição de número 17, quando foi apresentado um lucro de R$ 259 mil, os membros da CCO, anunciaram a solicitação que haviam feito ao chefe do executivo, a construção dos tão sonhados banheiros.

Desde de então a administração veio dizendo que os faria, no entanto, pouco antes da última edição, iniciou a obra de um, a qual como todos viram não foi concluída em tempo.

Ontem após ser evidenciado o gasto de quase R$ 36 mil, com o aluguel do denominado contêiner e dos vários químicos, até o presidente da Casa, vereador de situação, Odivaldo Bonetti, manifestou-se com ares de oposição, o que até se vê pouco por parte de alguns, graças a esse imbróglio de “saudável”, e cobrou o compromisso feito em 2017, pelo executivo, acrescentando a necessidade de celeridade.

Cultura / Economia / Política / Turismo

Variação no lucro das entidades se repete e chama a atenção dos vereadores

Mais uma vez, ao conhecerem os números relativos ao faturamento bruto e lucro líquido das entidades que atuam nas diferentes edições da Festa do Vinho, os vereadores de Urussanga, efetivos fiscalizadores do município, se mostraram surpresos com a visível variação.

Conhecedores dos casos específicos, daquelas que ao invés de comprarem os insumos que serão comercializados, recebem os mesmos em doação, os edis até mais acometidos do que deveriam ser na função, sinalizaram por medidas que regulem melhor o referido fluxo de caixa, sugerindo entre outras práticas, a instalação da “moeda única”.

Os representantes da CCO, por sua vez, reiteraram que os resultados trazidos na oportunidade, são fornecidos pelas próprias entidades.

Cultura / Economia / Política / Turismo

Festa do Vinho fecha com R$ 139 mil de lucro

A Câmara de Vereadores de Urussanga, recebeu na noite desta terça-feira (11), representantes da CCO, para a tradicional prestação de contas da Festa do Vinho.

O presidente da referida comissão, Sérgio Maccari Luiz Junior e tesoureiro, Everton Luiz Cancellier, agradeceram através dos microfones do legislativo, todos os que colaboraram na realização da XVIII edição do evento.

Parte dos vereadores que integram a casa, fizeram questionamentos sobre temas que não são novos, como a realização anual da festa, a possibilidade da arena para os shows nacionais, viabilizando assim a entrada no parque com ingressos acessíveis, entre outros.

Na apresentação do “Balanço Final”, por parte do tesoureiro, o montante de pouco mais de R$ 139 mil, foi apontado como lucro financeiro da prefeitura. Valor menor do que o obtido em 2017, que foi de R$ 259 mil.

Ressaltando a atuação dos voluntários, Everton observou que a soma dos valores aferidos no prazo de um ano, aproximadamente R$ 418 mil, pode viabilizar uma série de melhorias no Parque Ado Cassetari, que sedia os principais eventos de Urussanga.

Cultura / Economia / Publicidade / Turismo / Vídeo

Era pra ser só uma amostra…

Virou festa, com muita gente bonita, gastronomia de alta qualidade além claro do liquido preciso!

Assim, o pré-evento realizado no último dia 07, na Praça Anita Garibaldi, que serviu sem dúvida para mostrar como será o Festival da Cerveja Artesanal, que acontece nesse final de semana em Urussanga, mais especificamente no Parque Ado Cassetari Vieira.

As vendas do “Passaporte”, continuam nesta semana, ao valor é de R$ 20. Que dará acesso aos três dias do evento, 14,15 e 16.

Os pontos de vendas são: Barbearia Belvedere, Posto Fontanella e Stone Pub em Urussanga.

Confira: https://www.facebook.com/pg/festivalcervauru/photos/?ref=page_internal