Blog do Paulo Matias

Escrito por Paulo Matias

Cultura

Projeto prevê que mulheres possam usar spray de pimenta e arma de choque

Um projeto de lei do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) prevê que mulheres possam adquirir spray de pimenta e armas de eletrochoque. Segundo o texto, o porte dos equipamentos é destinado somente a maiores de 18 anos, para “proteção pessoal”.

De acordo com a proposta, compete ao governo federal a emissão da autorização para o comércio do spray e das armas de eletrochoque aos estabelecimentos interessados.

“Os estabelecimentos responsáveis pela comercialização de spray de pimenta e de armas de incapacitação neuromuscular (armas de eletrochoque) deverão manter, pelo prazo mínimo de 60 (sessenta) meses, banco de dados com o registro cadastral das adquirentes, que será encaminhado à Polícia Civil do respectivo Estado federado”, propõe.

O parlamentar ainda diz, em seu projeto, que cabe ao governo federal regulamentar o tema. O PL dispõe sobre alterações no estatuto do desarmamento. “Tratando-se de armas de incapacitação neuromuscular (armas de eletrochoque), nos termos do art. 22-A, o registro concedido autoriza seu porte, sendo este exclusivo para mulheres, tendo sua regularidade comprovada mediante exibição do Certificado de Registro e Porte de Arma de Incapacitação Neuromuscular”.

“Não será cobrada qualquer taxa, dentre as referidas no art. 11, pela expedição e renovação de registro para arma de incapacitação neuromuscular (arma de eletrochoque)”, prevê.

Destaque

Siderópolis decreta Luto Oficial por morte do ex-prefeito Raulino Cesa

O município de Siderópolis decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-prefeito Raulino Cesa, 92 anos, ocorrido na noite de terça-feira, 12.

O ex-prefeito governou Siderópolis de 1970 a 1973, sendo o terceiro a ocupar a cadeira pelo voto direto depois da emancipação do município.

“Nossas condolências à família. As lembranças boas permanecerão. Ele deixa um grande legado”, declarou o prefeito Hélio Cesa “Alemão”, acrescentando que em dezembro o município entregou ao ex-prefeito a medalha dos 60 anos de emancipação.

Velório e sepultamento serão definidos pela família.

Política

PT de Urussanga afirma que situação foi contornada

Os mesmos dirigentes do partido local, PT,  que haviam informado a este Blog, a possibilidade real de mudança de um dos seus membros, definido como de peso, para outro partido, garantiram ontem que a situação foi contornada.

Reconhecendo a repercussão da notícia e avaliando que a mesma gerou até uma mobilização interna e externa, decidiram por não divulgar o nome do filiado em questão, considerando que o assunto está superado.

Relataram que assim como os principais nomes da sigla, foram contatos por dezenas de pessoas que buscavam saber o referido nome.

Política

Falta de comunicado sobre líder do governo chama atenção na Câmara de Urussanga

A reunião ordinária do legislativo urussanguense nesta terça-feira (12), trouxe à tona o que deve ser um problema de comunicação.

Por várias vezes os vereadores das diferentes bancadas tentaram se dirigir ao líder do governo e no momento souberem que esse ainda não foi oficializado.

Tal definição se dá por um comunicado através de ofício que vem do prefeito para a mesa diretora, o que até o momento não aconteceu.

Ente referencial em qualquer parlamento, no caso, o líder do governo é um “braço” do executivo no legislativo. Que entre outras atribuições transmite as informações da administração aos edis, sendo aquele o qual os vereadores de oposição especialmente, se dirigem para solicitar informações ou ações do governo municipal.

Ao que tudo indica esse papel será desempenhado pelo ex-presidente da casa, vereador Odivaldo Bonetti “Bonetinho”. E depois da não nomeação ter sido evidenciada tantas vezes nesta noite, amanhã a referida formalização do nome deve acontecer entre as duas casas que são tão próximas.

Áudio / Política

Ouça: Sangaletti comenta participação em reunião do PP e desistência da suplência na Câmara

Para que o MDB possa dar oportunidade aos suplentes de ocuparem cadeiras na Câmara, como já foi anunciado quem em março próximo a vereadora Vanir dará espaço ao empresário Amarildo De Brida que é o segundo suplente do partido, é necessário que o primeiro suplente, os já desfiliado e sem partido Sangaletti assine o documento chamado popularmente no meio de “desistência”. Exigido pela justiça eleitoral.

Política

PP leva Sangaletti para reunião da executiva

O encontro mensal dos pepistas locais realizado na noite desta segunda-feira (11), contou com a presença de um ente político recentemente noticiado que atualmente está sem partido. O ex-vereador eleito pelo MDB e ex-secretário municipal na administração anterior, Jucemar Sangaletti.

Segundo os anfitriões o convite se deu após decisão unanime da própria executiva em traze-lo para essa conversa por saberem que o mesmo se desfiliou e a fim de lhe perguntarem sobre seus projetos futuros na política.

Sangaletti confirmou na oportunidade que está fora do MDB sem possibilidade de volta, mas que no momento não pretende se filiar em nenhum um outro partido.

Cultura / Política / Turismo

Obras da Rua Coberta em Nova Veneza são iniciadas

O Governo de Nova Veneza realizou uma coletiva de imprensa para apresentar os projetos e como será o andamento das obras da Rua Coberta, na área central da cidade e a revitalização da praça de São João Batista, em São Bento Baixo. As duas obras somam investimentos de quase R$ 1 milhão de reais. A Rua Coberta terá uma extensão de 55 metros em estrutura metálica, iluminação e sonorização. Serão investidos R$ 434.997,80 com recursos provenientes do Ministério do Turismo, através de emenda parlamentar do ex-deputado federal Ronaldo Benedet. Já na praça o investimento é de R$ 524.989,65, com recursos próprios. A inauguração está prevista para o mês de junho.

“Ao observar o projeto da Rua Coberta a solução arquitetônica adotada existem vários lances de cobertura que dialogam diferentemente com as edificações anexas. Na proposta do uso do metal como estrutura, buscou-se na leveza e esbeltez do material, atenuar o impacto visual da intervenção. Na cobertura, o policarbonato alveolar além de proteção contra intempéries, garante flexibilidade, transparência e luminosidade. A versatilidade do metal permitiu explorar temas da arquitetura italiana estilizados na estrutura como os lambrequins dos beirais, as rosáceas das tesouras com vidro colorido, os adereços em ferro batido e as luminárias. A obra resgata elementos presentes na arquitetura italiana e especialmente na cidade de Veneza na Itália”, revelou o arquiteto José Luiz Ronconi.

Já o projeto da praça São Joao Batista assinado pela arquiteta Ana Paula Ronchi prevê a entrada com um pórtico e todos os elementos arquitetônicos em pedra ferro. As calçadas serão alargadas para ter maior acessibilidade e os canteiros diminuídos para criar mais espaço. Também terá um pergolado com mesas de descanso e mesas de jogos. Melhorias nas escadas e uma rampa de acessibilidade ao Centro de Eventos. As luminárias nos rementem a Itália, além de luzes nos canteiros. No paisagismo será usada a flor símbolo, alamanda. O piso será paver como na praça de Nova Veneza.

“O turismo é uma vertente de Nova Veneza para dar sustentação quando os outros segmentos passam por dificuldades. É mais uma porta que se abre para geração de emprego e renda. Vamos investir em muitos projetos para alavancar ainda mais o turismo na cidade”, ressaltou a secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Susan Bortoluzzi Brogni.

Economia / Publicação

Em Assembleia associados aprovam as contas da Coopercocal e elegem novo Conselho Fiscal

Com a participação de um grande número de associados, a Cooperativa Energética Cocal – Coopercocal, teve sua prestação de contas do exercício de 2018 aprovada por unanimidade.

A Assembleia Geral Ordinária (AGO) juntamente com a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) aconteceu na última sexta-feira (08) na Sede Recreativa/Linha Tigre, quando foi apresentado os itens de mudança da reforma do estatuto assim como o relatório das principais atividades do exercício de 2018, em conjunto com as demonstrações contábeis, destinação das sobras apuradas. Além do plano de investimentos para o exercício de 2019 e assuntos gerais.

Também foram eleitos os novos membros do Conselho Fiscal que ficou assim constituído: Efetivos: Geraldo Martins Soares, Irisvaldo Kanarek e Gilberto Antônio Luciano. Membros Suplentes: Sidney Duarte de Oliveira, Fábio Custódio e Roberto Francisco dos Santos. Por ter havido somente uma única chapa inscrita, a votação foi realizada por aclamação.

Para o presidente Altair Lorival de Melo, a aprovação das contas demonstra toda a transparência com que a cooperativa vem desempenhando, pensando sempre no desenvolvimento e bem-estar dos associados. “Esse é o resultado de um trabalho sério e compromissado por toda esta diretoria. Quero agradecer a confiança de todos e continuaremos atuando com seriedade e transparência fortalecendo nossa cooperativa, visando sempre oferecer energia de qualidade e com preço justo”, destacou.

A assembleia transcorreu em total normalidade com o presidente em seu encerramento agradecendo e cumprimentando os presentes.

Política

Falta de quórum adia discurso de Daniel Freitas

O Deputado Federal Daniel Freitas, que faria discurso no grande expediente, não falou por falta de quórum na sessão desta segunda-feira (11), na Câmara dos Deputados.

Acompanhado dos Deputados Caroline De Toni (PSL/SC) e Kim Kataguiri (DEM/SP), aproveitou o encontro para discutir pautas como a Reforma da Previdência.

O Deputado deve voltar a discursar no dia 11 de março.

Destaque

Boechat era exemplo do que é ser apartidário

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista “IstoÉ”. Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo, e trabalhou no “Jornal da Globo”. Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

A morte do jornalista causou comoção entre políticos, personalidades e jornalistas.

Filho de diplomata, Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires. O pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores na Argentina.

O jornalista deixa a mulher, Veruska, e seis filhos.