Blog do Paulo Matias

Vídeo

Assista: Academia Vitta, resultado de uma história pessoal

Os proprietários da Vitta Academia de Urussanga, satisfeitos com a evolução do empreendimento e sua resposta no pequeno espaço de tempo desde a reinauguração, explicaram que depois de adotarem a prática de atividades físicas no seu dia a dia de forma bastante efetiva, surgiu então a oportunidade de investirem no seguimento.

Luciano, advogado em atividade que dedica parte do seu expediente para a Vitta, e Michele, formada em enfermagem, focada exclusivamente na academia, conseguirão imprimir uma condução diferenciada no empreendimento, o que foi percebido pelo público, o qual não para de crescer e aderir as diferentes opções de atividades e horários disponíveis.

Felizmente para os urussanguenses, uma vez que os números mais recentes da Organização Mundial da Saúde sobre sedentarismo no Brasil são alarmantes: 47% da população não pratica o mínimo de atividade física recomendado pela instituição para manter-se saudável, ou seja, 150 minutos por semana.

Mas de acordo com o levantamento de 2018 da IHRSA, associação internacional de fomento ao universo de saúde e exercícios, há mais de 34 500 academias no Brasil, o que nos torna o segundo país do mundo com maior concentração de estabelecimentos do tipo, atrás apenas dos Estados Unidos.

O que está ocorrendo, diante do novo padrão de economia da classe média brasileira, é uma adaptação dos negócios, com maior uma diversificação. O que é uma característica da Vitta de Urussanga.