Blog do Paulo Matias

Arquivos por data março 2019

Destaque / Política / Vídeo

João Rodrigues comemora aniversário com encontro do PSD em Chapecó

O CTG Quero-Quero recebeu nesta sexta-feira (22), os convidados do deputado federal João Rodrigues, que como habitualmente faz, ao comemorar seu aniversário reuniu amigos e correligionários, tornando o evento um encontro estadual do PSD.

Com destaque para a presença do presidente da Alesc, Julio Garcia, além deputado federal eleito pelo Sul Ricardo Guidi, bem como prefeitos, vices e vereadores de todas as regiões do estado.

Na oportunidade, em seus discursos as lideranças do PSD, destacaram os propósitos e desafios da sigla em Santa Catarina e avaliaram o momento político.

Cultura / Pa Marketing Digital / Vídeo

Jiu Jitsu: Os benefícios das Artes Marciais na Vitta Academia

Além dos benefícios para o corpo como perda de peso e aumento da resistência física, o Jiu Jitsu proporciona melhora no controle da ansiedade, autoestima e disciplina, além é claro do conhecimento que se constitui como defesa pessoal para homens e mulheres.

Na Vitta Academia Total como o próprio nome já diz, você encontra também as aulas de Jiu Jitsu, voltadas inclusive para iniciantes, pessoas que nunca fizeram a atividade ou qualquer outra Arte Marcial.

Cultura / Economia / Turismo

Festa do Vinho 2019: Serginho Maccari será novamente o presidente da CCO

O evento que será realizada este ano já conta com o presidente da Comissão Central Organizadora. O nome do urussanguense Sérgio Luiz Maccari Júnior foi definido pelo prefeito Gustavo Cancellier por meio do decreto número 21, de 20 de março de 2019, quando também foram anunciados os demais nomes da comissão, que será composta pelo: vice-presidente: Clenio Fontanella Rosso; tesoureiro: Clézio Freccia e a secretária: Léia Mariot. A Festa do Vinho será realizada em agosto de 2019, com data ainda a ser definida.

“Tenho certeza que a Comissão Central Organizadora fará mais um grande evento, sempre com o foco na Cultura e no desenvolvimento da nossa cidade. Cada um dos profissionais que compõe a comissão organizadora, com a sua característica própria, irá trabalhar para o sucesso deste evento”, explica o prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier.

Para Maccari, que já presidiu a CCO da edição de 2018, o convite representa um voto de confiança ao trabalho que já foi realizado no município. “Foi com grande satisfação, que recebi o convite para, novamente, encarar este desafio, demonstrando que os objetivos definidos para a edição passada foram alcançados, e que a Administração confia na sequência deste trabalho. Os envolvidos na Comissão não medirão esforços para bem representar Urussanga e a atender às expectativas em torno dos eventos que dão notoriedade a nossa cidade”, enaltece Sérgio.

 

 

Economia / Política

Audiência em Santana sobre o Plano Diretor foi totalmente diferente, avaliou vereador Nandi

Sem comparação com a do Bairro São Pedro, a qual inclusive será realizada novamente por solicitação da administração, afirmou o vereador Jair Nandi (PSD).

Segundo o edil, a audiência realizada na noite de ontem em Santana foi conduzida pelo Sr. Robson, que inicialmente conceituou o que seria um plano diretor participativo, qual a importância, quais as ferramentas e destacou a importância da participação da população.

“Na apresentação conseguiu trazer os participantes para o debate de forma dinâmica e mostrou possuir amplo conhecimento do assunto.  Durante os trabalhos permitiu o debate na medida que os assuntos importantes surgiam, e também para melhor compreensão situou à população através de mapas geográficos da localidade”, observou o vereador.

Na oportunidade não foram comunicadas mudanças no cronograma das audiências.

Economia / Política

Criação de Banco de Materiais de Construção é debatida em Içara

É comum após o término de uma obra sobrar algum tipo de material de construção. Mas em muitos casos, quando não são reaproveitados em outras construções do mesmo tipo, esses objetos costumam ficar parados, ocupando espaço, enquanto poderiam colaborar com uma família menos favorecida. Pensando nisso, o Governo de Içara reuniu-se com empresas e lojistas de construção civil visando a criação de um Banco de Materiais de Construção.

De acordo com o prefeito Murialdo Gastaldon, trata-se de dar um destino viável à materiais que poderiam ser desperdiçados. “A intenção é que após uma construção, avalia-se o que pode ser reaproveitado e que seja destinado ao banco social, favorecendo uma população previamente cadastrada no banco”, comentou.

A primeira conversa realizada na noite desta terça-feira, serviu para ver a viabilidade do projeto. “A questão da solidariedade e da articulação entre os segmentos público e privado foram elementos que fizeram com que comprassem a ideia e colaborassem conosco”, explicou a secretária de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda, Fabiana do Amaral.

O público que será contemplado são famílias e indivíduos dos serviços, programas, projeto e benefícios socioassistenciais da Rede Pública e Privada da Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda e Entidades devidamente constituídas e atuantes no Município de Içara com inscrição no Conselho respectivo, conforme sua área de atuação.

Nos próximos dias, a equipe da secretaria e representantes das empresas estarão formando uma comissão para elaborar metodologia do funcionamento do projeto. “Há pessoas que realmente não tem condições de comprar todos os materiais e essa é uma opção que com certeza irá ajudar muito quem precisa”, disse o mestre de obras, Antônio Carlos Alves Biano.

Economia / Política

Senado aprova projeto que facilita oferta de juros reduzidos

O Senado Federal aprovou, na noite desta terça-feira (19), o projeto do senador Jorginho Mello (PR), que cria a Empresa Simples de Crédito, facilitando a oferta de crédito com juros mais baixos. “É uma política pública que facilita a desburocratização de negócios e empréstimos com menor taxa de juros”, afirmou o parlamentar catarinense.

A Empresa Simples de Crédito (ESC) é uma nova modalidade para o fomento do microcrédito. As ESCs podem emprestar recursos próprios a pequenos negócios, correndo risco próprio e criando nova alternativa de financiamento hoje concentrado nos grandes bancos.

Em Santa Catarina, estima-se o funcionamento de 300 mil pequenos negócios. O setor representa 98% de todas as empresas brasileiras, que geram 60% dos empregos formais e 27% do PIB.

Cultura / Política / Publicação

Presidente da Assembleia Legislativa Julio Garcia participa de encontro estadual de dirigentes de Apaes em Chapecó

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia, será um dos palestrantes do Encontro Estadual dos Presidentes das Apaes, no sábado (23), em Chapecó. Esta é a primeira vez que o evento responsável por reunir os dirigentes do movimento apaeano é realizado na região Oeste e o presidente do Legislativo vai falar sobre a história do Fundo Social e a relevância para as Apaes de Santa Catarina.

Foi o deputado Julio Garcia, durante passagem interina pelo Governo do Estado em 2005, que apresentou Projeto de Lei para transferir um percentual dos recursos arrecadados pelo Fundo Social diretamente para as instituições. Até hoje, mais de R$250 milhões já foram repassados para as Apaes de Santa Catarina pela Lei 13.633. O encontro, que promove a capacitação dos presidentes, será realizado no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, a partir das 9 horas.

A participação no evento organizado pela Federação das Apaes de Santa Catarina encerra a agenda do presidente da Alesc em Chapecó, que inicia ainda na sexta-feira.

Ao meio dia, Julio Garcia terá encontro com empresários e depois participa de evento na Câmara de Vereadores.

Esta será a primeira vez que um presidente da Assembleia Legislativa faz uma visita oficial ao Poder Legislativo Municipal de Chapecó. Garcia terá encontro com o presidente Arestide Fidelis e na sequência fará um pronunciamento sobre a importância do Legislativo, na abertura da sessão ordinária.

O presidente da Alesc fará ainda uma visita para a APAE do município, às 16h30min, e encerra a agenda de sexta-feira em evento partidário no CTG Quero-Quero.

Economia / Política

Vereadores criticam empresa responsável pela revisão do Plano Diretor de Urussanga

Começou por um membro da bancada de situação, quando o vereador José Carlos José (PP), criticou a forma de apresentação do Plano Diretor feito pela empresa vencedora da licitação aos moradores do Bairro São Pedro e localidades vizinhas. Este ainda destacou a intervenção do prefeito Gustavo Cancellier na referida reunião, exigindo da contratada uma nova apresentação em data ainda a ser marcada, que seja clara e de fácil entendimento pelos moradores.

Depois foi a vez de Jair Nandi (PSD), o qual declarou que sempre defendeu a revisão do Plano Diretor como uma ferramenta de desenvolvimento do município, destacou que a empresa responsável pela revisão não conseguiu esclarecer a população durante a Audiência Pública realizada no Bairro São Pedro na última segunda-feira (18).  Para o vereador, a empresa tem que rever os métodos de apresentação e garantir que a população entenda as alterações no Plano Diretor e os reflexos em suas vidas.

Amarildo De Brida (MDB), definiu como vergonhoso o primeiro evento promovido pela empresa responsável pela revisão do Plano Diretor e registrou que não é possível depois de dez anos de espera pela Revisão, presenciar a apresentação de um tema extremamente importante de forma tão amadora. O vereador pediu aos responsáveis pelo trabalho de revisão que levem a sério o tema.

Também do MDB, Elson Roberto Ramos, registrou que um assunto importante para a cidade como a revisão do Plano Diretor não pode ser tratado pela empresa ganhadora da licitação com descaso. Elson ressaltou que a forma de apresentação para a população deve ser revista ou a empresa tem que ser descredenciada.

O líder do governo, Odivaldo Bonetti, em uma aparte, informou que o prefeito deve receber o proprietário da empresa, vindo de Ribeiro Preto (SP), nesta quarta-feira (20), às 15h, para tratar a respeito, e não é descartado um novo cronograma de reuniões, para que nesse meio tempo se resolva essa questão.

Com a impressão negativa da primeira apresentação, já se fala em troca de empresa.

A pergunta que não quer calar é: Essa empresa não apresentou previamente um resumo de trabalho para a prefeitura antes da primeira audiência?

Cultura / Economia / Política / Turismo

Prefeitos do Sul e Serra se unem para implantar da Rota dos Jesuítas

Os prefeitos do Sul, da Serra Catarinense e gestores de turismo estiveram reunidos com o empreendedor Wirto Schaeffer e o responsável técnico pelo projeto, André Monsores para ampliar a discussão da implantação da Rota dos Jesuítas, nesta terça-feira (19), em Urubici.

Durante o encontro foi formado o grupo de trabalho para alinhar o roteiro que deverá ser implantado na região. O projeto irá ligar o Sul a Serra Catarinense a partir da conclusão das obras na BR-285, no trecho que liga Timbé do Sul a São José dos Ausentes.

“É uma causa que está há muitos anos atrasada e é muito importante fazer acontecer o mais rápido possível a Rota dos Jesuítas. Daqui há três anos teremos o maior roteiro do sul do Brasil” revelou Wirto Schaeffer, ao recepcionar aos convidados.

Para o responsável técnico pelo projeto, André Monsores, o intercâmbio turístico depende da solidificação do grupo de trabalho. “O turismo é uma força transformadora. O intercâmbio entre os visitantes da Serra Catarinense e as cidades do Sul através da Rota dos Jesuítas é uma das maneiras mais rápidas e baratas para o fomento do setor, principalmente para aquelas cidades que ainda não despertaram para o turismo, mas que possuem grande potencial. Para consolidarmos a criação da Rota dos Jesuítas é preciso compor uma equipe de trabalho engajada e integrada e que aplique as melhores práticas indicadas pelo Ministério do Turismo para que seu crescimento seja perene. É preciso que a rota promova transformações socioeconômicas e contribua para o desenvolvimento e o bem-estar social das cidades que a compõe”.

O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, aponta a rota turística com uma grande sacada para interligar as nossas cidades. “A nossa região é rica turisticamente com duas Serras e todo o potencial do Sul de Siderópolis, Treviso, Nova Veneza, Forquilhinha com as suas belezas naturais e potencial turístico. Agora precisamos consolidar esse movimento para efetivamente implantar a rota”, pontuou.

 “Nós precisamos criar mecanismos para divulgar os nossos municípios. E com essa rota vamos criar um novo caminho passando por vários municípios do Sul e Serra que contam com inúmeros atrativos turísticos. Aqui em cima da Serra temos o maior e melhor potencial turístico e precisamos aproveitar para ampliar para as outras cidades. Nova Veneza criou a Festa da Gastronomia, implantou o Carnevale di Venezia mais precisa de outras cidades para que o turista permaneça por mais tempo em nossa região”, relatou o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo.