Blog do Paulo Matias

Exclusivo / Política

PSD de Urussanga quer encabeçar chapa em 2020

A história das eleições municipais de Urussanga descreve uma disputa que se perpetuou até aqui entre dois partidos que se alternaram no Paço, inclusive com uma rara situação em que ouve reeleição.

Segundo os dirigentes do PSD, a investida em uma candidatura própria em 2016, a qual foi considerada exitosa pelos mesmos, inclusive porque também resultou na eleição de um vereador, condição que o partido manteve, foi um sinal do que pretende a sigla, sem esquecer que os pleitos antes lembrados foram marcados por coligações.

Conforme os mesmos, se fortaleceu no grupo o sentimento de que em uma possível composição em 2020, o PSD quer ser cabeça de chapa.

Focados desde 2017, na tarefa que não será fácil para nenhum partido, principalmente por não haverem mais coligações nas  eleições proporcionais, de compor uma nominata completa de candidatos a vereador, o PSD ainda terá que definir o nome que apresentará para a majoritária, onde se fala novamente do empresário Rodrigo Fontanella, bem como do atual vereador Jair Nandi, e consideram a possibilidade da vinda de algum novo nome para partido com esse objetivo, o qual deverá ser de consenso no grupo, como já foi estabelecido.