Blog do Paulo Matias

Cultura / Destaque

Autor do Dia Nacional do Imigrante Italiano, Gerson Camata é assassinado

Autor da iniciativa que criou o Dia Nacional do Imigrante Italiano, celebrado em 21 de fevereiro, o ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata, de 77 anos, foi assassinado na tarde desta quarta-feira na Praia do Canto, em Vitória. O crime ocorreu em frente a um restaurante. Segundo a polícia, o ex-governador foi morto com um tiro no pescoço depois de uma discussão com um ex-assessor, causada por uma ação judicial movida por Camata contra ele. O suspeito confessou o crime e foi preso.

Descendente de italianos, que imigraram para o Espírito Santo em 1894, Camata foi governador do mesmo estado entre 1982 e 1986, exerceu três mandatos como senador, de 1987 até 2011.

E foi quando estava no Senado, que Camata apresentou a lei nº 11.687, de 2 de junho de 2008, que instituiu oficialmente o Dia Nacional do Imigrante Italiano no calendário de todo o território brasileiro.

A escolha do dia 21 de fevereiro é uma homenagem à expedição de Pietro Tabacchi ao Espírito Santo, em 1874. Este evento ficou marcado como o início do processo de migração em massa dos italianos para o Brasil.