Blog do Paulo Matias

Cultura / Destaque

Urussanga presta homenagem às vítimas da tragédia do Vajont

A tragédia do Vajont, que vitimou em 9 de outubro de 1963 cerca de 2 mil pessoas, em Longarone, na Itália, cidade com a qual Urussanga possui o Gemellaggio, foi lembrada na noite desta terça-feira (09), com a celebração de uma missa em homenagem às vítimas, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.

“Ao lembrarmos seu 55º aniversário, a Administração Municipal, juntamente com toda a comunidade urussanguense, quer prestar sua fraternal homenagem à memória de todas as inocentes vítimas, e lembrar também da perseverança de todos aqueles que mantém firme a recordação e muito lutaram e ainda lutam na reconstrução de uma inteira comunidade, que foi terrivelmente destruída”, enaltece o prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier.

A celebração foi realizada pelo padre Jiovani Manique Barreto e contou com a participação do Coral Cantando Si Vá, membros do Executivo Municipal e representantes de associações e entidades do município.

“A Tragédia do Vajont, que vitimou cerca de duas mil pessoas, deverá ser lembrada sempre por nós e por todos, e servir de aviso à humanidade para que aprendamos a respeitar mais a natureza e sua diversidade”, comenta Cancellier.

Para o diretor de cultura e turismo de Urussanga, Newton Vicente Rech Bortolotto, o momento foi de prestar solidariedade aos Longaronenses. “Famílias inteiras foram ceifadas pela força devastadora das águas, muitas delas com parentes e amigos em nosso município, tornando-nos mais próximos ainda na dor e na esperança de reconstruir a vida através da solidariedade mútua, do amor fraterno entre os povos e na certeza de que estamos construindo um futuro melhor para nossos filhos e netos”, garante Bortolotto.