Blog do Paulo Matias

Arquivos por data maio 2018

Economia / Política

“Michel Temer tem que demitir Pedro Parente da Petrobras”, afirmou Eduardo Moreira

Durante reunião com o secretariado e representantes dos órgãos estaduais e federais de segurança pública, no Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastre, o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) defendeu a demissão imediata de Pedro Parente da presidência da Petrobras.

Depois de ouvir relatos sobre a situação da greve dos caminhoneiros no Estado, com registros dramáticos em várias regiões e o anúncio de que os motoristas de ônibus da Grande Florianópolis anunciaram greve para esta terça-feira (29), o governador disse que a crise está se agravando a cada dia.

“O presidente Temer tem que demitir Pedro Parente da presidência da Petrobras” afirmou o governador.

Moreira disse que Parente fez uma gestão essencialmente técnica, sem avaliar as consequências e os prejuízos para a população brasileira.

Economia / Política

FECAM alerta sobre impacto econômico da paralisação

A Federação Catarinense de Municípios (FECAM),  fez um levantamento da arrecadação do ICMS nos últimos dois dias úteis (dia 24 e 25 de maio) da paralisação dos caminhoneiros e constatou uma queda de 33,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. A entidade municipalista emitiu nesta segunda-feira (28), um alerta a todos os municípios e mandatários catarinense sobre a situação econômica e fiscal que tende a ser agravada, com consequências imediatas, diante do desabastecimento de insumos e produtos nos mercados locais.

Caso a greve permaneça a arrecadação de impostos como ICMS e ISS tendem a cair ainda mais nesta semana. “Esses números são um alerta para o agravamento deste quadro, em proporções de alto impacto, se a situação atual de paralisação prevalecer”, avalia a nota produzida pelos economistas da entidade, Alison Fiuza e Apoena Santos.

Diante do quadro, a FECAM recomenda aos prefeitos e prefeitas a concentrarem esforços na manutenção responsável das contas públicas municipais, em favor do interesse público e do zelo pelos serviços essenciais. “O equilíbrio financeiro é indispensável para assegurar as já combalidas contas públicas municipais”, completa a nota.

Economia / Política

Secretário de Estado da Saúde assina convênios com municípios da Região Carbonífera no total de R$ 9 milhões

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, representando o governador Eduardo Pinho Moreira, assinou na tarde desta segunda-feira (28), no auditório São Donato, no Centro de Içara, convênios com sete municípios da Região Carbonífera (Amrec), que somam quase R$ 9 milhões.

Entre as verbas liberadas estão os R$ 4,3 milhões para a conclusão das obras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Donato, de Içara, estrutura reivindicada há mais de dez anos pela população.

Os recursos também garantem a continuidade dos trabalhos para abertura da ala materno-infantil do Hospital Santa Catarina, em Criciúma, esperada para atendimento às gestantes e bebês de Criciúma e Região. São pouco mais de R$ 1 milhão para a reforma e ampliação da Central de Materiais Esterilizáveis (CME) e R$ 160 mil para reforma da rede elétrica.

Impossibilitado de participar do evento devido à greve dos caminhoneiros, que exige atenção permanente do Governo do Estado, o governador falou aos representantes dos hospitais e municípios presentes em Içara por meio de vídeo.

 

Economia / Urgente / Vídeo

CDL de Urussanga decide em reunião fechar na quarta-feira (30)

A Câmara de Diretores Lojistas de Urussanga solicitou a participação do executivo e legislativo para com associados decidir a respeito de um possível fechamento dos estabelecimentos, por causa principalmente da falta de combustível que já está impedindo a vinda dos colaboradores para o trabalho.

Na reunião realizada nas dependências da Câmara Municipal a discussão também foi pelo apoio dos empresários aos protestos que acontecem no país em apoio a paralisação dos caminhoneiros.

Pelas duas razões foi colocada em votação a decisão que apontou pelo fechamento dos estabelecimentos na próxima quarta-feira (30), quando também ocorrerá uma passeata em protesto com início às 9h, partindo do Bairro Estação, diante do Ginásio Centenário.

Economia / Política

Urussanga decreta “Situação de Emergência”

O Prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier, decretou situação de emergência no município. A medida se dá em decorrência da greve nacional dos caminhoneiros contra o aumento dos combustíveis que vem afetando de igual modo os serviços públicos oferecidos pelo Executivo Municipal. Com o decreto, fica definido o funcionamento das repartições públicas municipais:

– As aulas na rede municipal de ensino, bem como o transporte escolar oferecido pelo Município ficarão suspensas a partir de 28 de maio de 2018 ficando, em consequência, o corpo docente e pessoal administrativo das Escolas, também, dispensados de seus turnos de trabalho. Os CEI Elias Biz, CEI Ver. Erotides O. Borges, CEI Magnólia Branca, CEI Sérgio Teixeira, CMEI Dirceu Maccari, CMEI Prof. Zilda Darella, CMEI Agenir Nichele e Educação Infantil da Escola Lydio de Brida e Escola Rosalino Damiani permanecem com as atividades normais até o dia 30 de maio de 2018.

– Ficam suspensas as obras que necessitem do apoio das máquinas de propriedade do Município, mantidas pelo erário municipal, exceto as de caráter emergencial.

– Não serão paralisados os serviços considerados essenciais prestados pela Secretaria Municipal de Saúde, especialmente os de urgência e emergência, bem como o serviço de coleta e transporte de resíduos sólidos, enquanto perdurar o estoque de combustível para abastecimento dos veículos.

– Fica determinado aos Secretários Municipais a estrita observância e cumprimento das disposições contidas no Decreto, ficando a seu encargo a expressa liberação de veículos oficiais, desde que para atender serviços de extrema necessidade e urgência.

– Ficam mantidas todas as atividades ordinárias e rotinas administrativas das demais Secretarias e órgãos do Poder Executivo, que não impliquem em deslocamentos de veículos, exceto aquelas consideradas de caráter excepcional e inadiáveis.

– As medidas adotadas terão validade enquanto perdurar o desabastecimento no âmbito do município de Urussanga.

Política

Prefeito de Orleans segue internado na UTI

Continua internado na UTI do Hospital Socimed em Tubarão, o Prefeito de Orleans, Jorge Koch, 61 anos, onde deu entrada na tarde deste domingo (27), com pneumonia grave.

De acordo com informações da assessoria de Comunicação da Socimed, o prefeito está internado com diagnostico de Pneumonia, mantêm-se estável, respirando sem auxílio de oxigênio, sinais vitais estáveis, porém, sem previsão de alta da UTI.

A médica da família e sobrinha do prefeito, Dra. Milena Casagrande Koch, que acompanha o quadro, informa que o prefeito passou a noite no oxigênio e estão sendo aguardados os resultados dos exames laboratoriais.

Para a médica, o quadro do chefe do executivo orleanense é delicado, por se tratar de uma enfermidade que necessita de cuidados especiais e intensivos. “A pneumonia é uma doença complexa que precisa de cuidados especiais, mas ele está sob acompanhamento 24 horas”, explicou Dra. Milena.

Economia / Urgente

CDL de Urussanga solicita reunião com vereadores e prefeito para discutir situação do comércio

A Câmara de Vereadores recebeu a solicitação da empresaria Scheila Bosa, que preside a CDL de Urussanga, para que participe de uma reunião que visa discutir decisões sobre a possibilidade de fechamento dos estabelecimentos associados enquanto não normaliza principalmente o abastecimento de combustível na cidade.

Segundo a mesma a Câmara de Diretores Lojistas de Cocal do Sul, decidiu pelo fechamento do comércio daquele município com perspectiva de reabertura somente na próxima sexta-feira (01).

O referido encontro acontece às 17h 30m desta segunda-feira (28), nas dependências da Câmara Municipal.

Destaque / Política

Câmara suspende Sessão Solene e realiza somente a Reunião Ordinária

O poder legislativo de Urussanga presidido pelo vereador Odivaldo Bonetti (PP), que através de Sessão Solene iria homenagear com a entrega de honrarias, oito personalidades do município, nesta terça (29), suspendeu o evento, mantendo assim na mesma data, a reunião ordinária nas dependências da referida Câmara.

Tal decisão se deu somente em razão da paralisação por parte dos caminhoneiros o que especialmente está causando o desabastecimento de combustível, o qual poderia impedir o deslocamento de pessoas ligadas aos homenageados.

Em data ainda não estabelecida, a Sessão Solene ocorrerá, com prévia comunicação por parte do legislativo urussanguense.

Economia / Política

Nova Veneza decreta situação de emergência

O prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo, decretou situação de emergência na manhã desta segunda-feira (28), devido aos impactos da greve dos caminhoneiros. Entre os motivos estão o desabastecimento de combustível na cidade que afeta os serviços públicos.

“Nós reunimos o secretariado para fazer um levantamento para avaliar a atual situação de cada pasta. A situação é crítica e precisamos tomar medidas para viabilizar apenas os serviços essenciais”, comentou o prefeito.

De acordo com o gestor, na Secretária de Educação as aulas e o transporte escolar serão mantidos até a quarta-feira (30). Na sexta-feira, dia 1º ficou definido como ponto facultativo. Os pais e responsáveis precisam ficar atentos a pequenas alterações de paradas ou trajetos. O transporte noturno para universidades continua suspenso.

A Secretaria de Saúde mantém os trabalhos normalmente, inclusive nas Estratégias de Saúde da Família (ESFs), até a próxima quarta-feira (30). Somente as unidades de São Bonifácio e Vila Maria continuam fechadas. Já os serviços essenciais serão disponibilizados com o transporte de pacientes para hemodiálise, quimioterapia e radioterapia. O Plantão funcionará somente para urgência e emergência.

Na secretaria de transportes, obras e serviços urbanos as atividades também estão canceladas. Somente o serviço essencial de coleta de lixo. Assim como as demais secretarias mantém somente os serviços internos.

E na Afave, os encontros de clubes de mães serão mantidos apenas nas comunidades onde residem as monitoras. Os encontros da Terceira Idade também serão cancelados.