Blog do Paulo Matias

Política / Sem categoria

PP de Urussanga trabalha para reconciliar Gustavo e Décio

O aspecto político, a manutenção da aliança e a imagem da administração conquistada pela sigla na última eleição municipal, aparentemente fizeram lideranças locais do Partido Progressista, reconhecer a necessidade de restabelecer a convivência e principalmente a gestão compartilhada nos moldes habituais entre prefeito e vice.

Desde a queda de braço entre os eleitos por PP e PDT, onde estava em jogo uma possível redefinição no comando do SAMAE, a relação dos gestores está abalada sem sinais de mudanças conciliatórias.

O vice-prefeito Décio Silva, ficou à frente da administração no final do ano passado, período em que encontrou receptividade por parte dos servidores, foi definido como acessível e prático e recebeu apoio de partidos locais que nitidamente sinalizaram por portas abertas para o mesmo, caso deseje uma mudança no futuro.

Nos últimos dias com o descrito propósito, membros do PP reuniram-se com o vice-prefeito, para ouvir sua versão dos fatos e segundo interlocutores, os presentes consideraram as argumentações do mesmo muito convincentes. Na oportunidade não foram convidados o presidente do partido e o chefe do executivo.

Em seguida, os mobilizados tentaram uma reunião com o mesmo intuito, só que em separado com prefeito Gustavo Cancellier, o qual alegou compromissos já assumidos e pediu adiamento do encontro. Segundo informações, uma vez que essa aconteça, a sugestão seria então uma reunião com as duas executivas, de PP e PDT, na mesma intenção.

Urussanga observa o cenário lamentável, que havia sido previsto justamente por alguns para administração anterior, a qual encontrou sim outras dificuldades, mas não essa.