Blog do Paulo Matias

Política

Ação contra Colombo deve ir para a Justiça Eleitoral

O ex-governador Raimundo Colombo (PSD) deve mesmo ser julgado apenas na Justiça Eleitoral pelos supostos repasses de R$ 9,3 milhões da Odebrecht para as candidaturas ao governo em 2010 e 2014.

Em petição ao ministro Luiz Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça, o vice-procurador-Geral da República, Luciano Mariz Maia, requer “o declínio da competência à Justiça Eleitoral do Estado de Santa Catarina para processar e julgar o feito” por causa da renúncia de Colombo, na quinta-feira passada.

O ministro Salomão ainda não decidiu o destino do processo de Colombo, mas a tendência é seguir a orientação da Procuradoria-Geral da República, autora da denúncia apresentada em fevereiro deste ano. A peça já era focada no suposto crime eleitoral, excluindo as questões referentes ao interesse da Odebrecht na compra da Casan, que poderiam levar Colombo a responder também por corrupção passiva.

Com informações e foto: Upiara Boschi