Blog do Paulo Matias

Economia / Política

O que interessa é o desenvolvimento de Urussanga, mas se necessário meu nome está à disposição do PSD, afirma Rodrigo Fontanella

Encerrado a Série Especial de entrevistas realizada neste mês, denominada “Um ano depois”, o ex candidato a prefeito pelo PSD e empresário Rodrigo Fontanella, esteve no estúdio da Rádio Cidade 93.5 FM nesta manhã onde falou sobre esse período de doze meses pós eleição.

No entendimento do mesmo as promessas de campanha do candidato eleito começarão a ser cobradas de forma mais veemente a partir do ano que vem, uma vez que até momento não percebeu mudanças promovidas pelo executivo municipal.

Concordando que a Área Industrial é prioridade para o município junto com uma solução do problema ocasionado pelo valor altíssimo da energia elétrica em Urussanga, Rodrigo afirmou que vem acompanhando a política local principalmente por meio das reuniões mensais do partido.

Ao destacar que o vereador eleito pelo PSD, Jair Nandi, segue a linha dos discursos de campanha da sigla local, que falavam de focar no melhor para Urussanga deixando de lado os tradicionais embates partidários, o empresário aponta como problema para a saúde, educação, cultura entre outras áreas, a descontinuidade das administrações, que não seguem um projeto único para o município.

Ao afirmar que ainda é muito cedo para falar de alianças para as eleições de 2020, e reiterando que considera necessária uma terceira opção, Rodrigo afirmou que novos nomes estão chegando ao partido além do fortalecimento do atual vereador eleito, mas que se o PSD mais a frente quiser, seu nome estará a disposição.