Blog do Paulo Matias

Date archives setembro 2017

Cultura / Economia / Turismo

Quatro membros da CCO irão pagar Outdoor para expor balanço da Festa do Vinho

O presidente da Comissão Central Organizadora da última edição do evento, após confirmar o deposito feito pela Santur de R$ 70 mil, o que encerra assim o repasse dos valores obtidos para os cofres públicos municipais, anunciou no NOTÍCIAS DA CIDADE, uma decisão tomada pelos quatro membros da referida comissão, de pagando do seu próprio bolso, instalarem na cidade um “Outdoor”, o qual irá conter os números finais da prestação de contas da festa.

Odivaldo Bonetti, Margareth Serafin De Villa, Everton Luiz Cancillier e Mariana Bonetti, conduziram a organização da XVII Festa do Vinho, contando com a participação das subcomissões, mas inovaram no sentido de desenvolverem esse trabalho com o menor número de integrantes até então visto entre todas as edições.

Segundo “Bonetinho”, a intenção do “Outdoor”, é de levar a informação de forma acessível aos munícipes, ao ponto que quatro membros entenderam que deveriam encerrar sua participação, desembolsando o custo do mesmo, de maneira a contribuir com a apresentação de resultados.

Economia

O reajuste não é uma decisão da EFLUL, afirmou Jander

A permanente discussão sobre o fato dos Urussanguenses pagarem mais caro pela energia elétrica fornecida pela EFLUL, ganhou corpo nos últimos dias através de manifestações que surgiram na Câmara de Vereadores.

Nesta manhã, o gerente da empresa, Jander de Agostin, concedeu entrevista na Rádio Cidade 93.5 FM, trazendo informações inicialmente sobre o reajuste que ultrapassa 15%, afirmando que trata-se de uma revisão tarifária determinada pelos órgãos federais atuantes no setor, e não de uma iniciativa da empresa local.

Segundo o mesmo, as “permissionárias” que são lembradas na comparação, as Cooperativas, também terão seus valores corrigidos, o que fará com que a diferença entre o custo/Eflul e o das mesmas fique menor.

Sobre as possibilidades apontadas pelo vereador Jose Carlos Jose “Zé Bis” (PP), o entrevistado pontuou separadamente;

A Ideia da compra de energia no mercado aberto, Jander afirmou que a empresa vem estudante a possibilidade, ainda desaconselhável em razão da rigidez nos contratos.
Já sobre a sugestão de transformar a empresa em um Cooperativa (Permissionária), o gerente afirmou que não a possibilidade em razão do modelo concebido a mais de 70 anos, e essa hipótese não é considerada.
E quanto o questionamento relativo a estrutura da empresa, que poderia ser “inchada”, mencionado salários e até pró-labore, Jander disse que as afirmações feitas demonstram somente falta de conhecimento contábil.

Quando perguntado então, se o mesmo e os demais colaboradores, diretores e acionistas, não sentiam-se incomodados com as manifestações, com a insatisfação por parte da maioria dos consumidores por causa dos valores praticados, o representante da EFLUL afirmou que sim, relatando que a realidade atual causa prejuízo para empresa além de estabelecer uma relação desagradável com os consumidores, os quais enaltecem a EFLUL quando questionados somente sobre os serviços prestados, mas claro, criticam os valores praticados.

Ao final, Jander lembrou que mudanças efetivas só podem acontecer através de pressão junto aos entes políticos os quais por sua vez podem pleitear mudanças nas políticas de cobrança da energia, junto aos órgãos governamentais.

Economia / Política

Projeto do executivo sobre as “Feirinhas” é aprovado na Câmara com oito emendas

Desde que foi anunciada a primeira “Feira Itinerante” (Feira do Brás), a qual acabou acontecendo em maio deste ano nas dependências da SRU, representantes da CDL de Urussanga, passaram a solicitar ao executivo, uma Lei Municipal que contemplasse um conjunto de regras para regular esse tipo de atividade quando pretendido em nossa cidade.

O referido projeto foi elaborado por técnicos da prefeitura com a participação desses comerciantes e encaminhado para a Câmara de Vereadores.

Ao tramitar nas comissões, em especial na de Constituição e Justiça (CCJ), os edis e seus assessores perceberam pontos que poderiam fragilizar a lei, assim, convocaram os envolvidos para discutir as referidas questões e depois do entendimento destes, oito emendas foram incluídas.

Nesta terça-feira (26), os vereadores aprovaram o projeto e as emendas, que agora voltam para executivo na expectativa de sansão.

Como é do conhecimento de todos, existe por parte dos empresários que já estiveram em Urussanga, a intenção de uma segunda edição da feira em meados de outubro, assim, a referida lei se sancionada já irá nortear as exigências para que a mesma possa acontecer.

Nesta manhã, a assessora parlamentar do PSD, Andresa Baldessar, fez esclarecimentos sobre o assunto no NOTÍCIAS DA CIDADE.

Cultura / Economia / Turismo

Com os R$ 70 mil da Santur CCO fecha as contas da Festa do Vinho

Na última terça-feira, o vereador Odivaldo Bonetti “Bonetinho”, que presidiu a CCO da XVII Festa do Vinho, apresentou o comprovante de depósito realizado pela SANTUR, de R$ 70 mil, valor que foi lançado no balanço final evento, mas que ainda não havia chegado aos cofres da prefeitura.

Em sua fala na tribuna, “Bonetinho”, disse lamentar que tenham surgido comentários a respeito do referido valor, os quais o vereador afirma que podem ter ganhado corpo em razão de que em outras edições da festa repasses foram prometidos por órgãos do estado, ao final não sendo efetivados, fazendo com que os balanços referentes fossem comprometidos.

Política

Vampiro afirma que movimento em torno do nome de Eduardo Moreira é legítimo, e parte dos prefeitos

O secretário de estado da infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso “Vampiro”, falou sobre o dia de ontem em que acompanhou o vice-governador na região sul, onde foram confirmadas várias obras e repasses, tendo como o último evento, realizado na sede da ACIC, em Criciúma,  a homologação da revitalização da SC-445 que liga a BR 101 a Criciúma, e esclareceu, “a Via Rápida será inaugurada no dia 20 de dezembro e depois disso podemos começar a trabalhar na SC-445. Antes não é possível em função do tráfego pesado que, com a nova rodovia, vamos desviar para lá”.

Quando perguntado sobre o movimento liderado pelo prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, buscando fortalecer o nome do vice-governador Eduardo Moreira, para que esse concorra a eleição majoritária em 2018, na expectativa do feito inédito de um governador do Sul, “Vampiro”, afirmou que essa mobilização parte dos prefeitos e é legitima, embora Pinho Moreira, tenha reiterado publicamente que o momento é de Mauro Mariani.

O secretário ainda lembrou na entrevista que concedeu na Rádio Cidade 93.5 FM, que o valor destinado aos quase dois quilômetros de asfalto para Santana está garantido e reservado, e que no próximo mês conheceremos a empresa responsável pela obra, a qual quer ver iniciada ainda este ano.

Política

Hoje na Câmara, Casagrande presidente e Tita secretário

Mesmo com uma pauta “descarregada” para esta noite, o legislativo de Urussanga realiza Sessão Ordinária nesta terça (26), com uma “formação” da mesa por assim dizer, inédita.

Em razão da viajem que fazem o presidente Marcos Silveira e o primeiro secretário Elson Roberto Ramos, para participarem de um curso sobre Improbidade Administrativa na capital Paranaense, assumem as respectivas funções somente nesta noite, Gilson Casagrande e João Batista Bom.

Ou seja, Casagrande como presidente e Tita como secretário, conduzem os trabalhos da Casa do Povo a partir das 19h, na sede do legislativo.