Blog do Paulo Matias

Arquivos por data dezembro 2015

Cultura

Pular 7 ondas, o rito umbandista que o brasileiro pratica sem saber

Pra você que usa branco na virada, isso é coisa de umbandista! vários preceitos que tangem os ritos em homenagem a mãe Iemanjá foram emprestados da cultura umbandista para servir de “simpatia” de final de ano para pessoas que seguem outras vertentes religiosas

Quanto ao pular setes ondas na virada também não foi diferente. Cada linha umbandista concebe o rito de uma forma, significando na maioria das vezes purificação do corpo e espírito, e devoção aos orixás, em especial a Iemanjá, considerada rainha do mar e donas das águas salgadas.

Também existe a relação com as Sete Linhas de Umbanda constituídas pelos sete Orixás (Oxalá, Oxum, Oxóssi, Xangô, Ogum, Obaluaiê e Iemanjá). Na Umbanda Sagrada essa analogia é feita considerando os Sete Tronos de Deus (Fé, Amor, Conhecimento, Justiça, Ordem, Evolução e Geração).

No entanto, não se sabe ao certo a data oficial em que essa ritualística começou e como já dito o seu significado varia de terreiro para terreiro, dependendo de seus entendimentos, ritos, linhas e perspectivas sobre a religião.

Mas, mesmo com suas diferenciações pular ondas na mudança de ano alude a preceitos e homenagens inicialmente prestadas pelos umbandistas que consideram o mar a morada de mãe Iemanjá, onde tudo se gera, purifica e renova.

Cultura

Em 2016, 948 rádios AMs poderão mudar para FM

A partir de janeiro, 948 rádios de todo o Brasil já poderão sair da faixa AM (modulação em amplitude) e começar a transmitir a programação no sistema FM (frequência modulada).

Atualmente, 1.781 emissoras estão como AM e, entre elas, 1.385 pediram para mudar de faixa.

Segundo o Ministério das Comunicações, 948 rádios poderão fazer a migração em 2016.

As demais emissoras terão que aguardar a liberação do espaço que vai ocorrer com a digitalização da TV no país.
Os valores que cada emissora terá que pagar para fazer a mudança variam de R$ 8,4 mil a R$ 4,4 milhões.

A tabela – elaborada pelo Ministério das Comunicações – foi feita com base em critérios como índices econômicos e sociais e população do município em que a rádio está localizada, além do alcance.

Para fazer a alteração, os radio difusores terão de arcar com os custos referentes à diferença entre as outorgas de AM e de FM.

Além disso, será necessário adquirir equipamentos para a transmissão do novo sinal.

Cultura / Política / Turismo

Prefeitura de Florianópolis libera venda de bebidas de todas as marcas nas praias

Em nome da “livre concorrência” na venda de refrigerantes e cervejas nas praias de Florianópolis, o prefeito Cesar Souza, anunciou na manhã desta terça-feira, 29, que os comerciantes credenciados junto à Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) poderão oferecer ao público qualquer produto. A medida, que contraria o edital formulado pela Sesp, vale desde que seja mantida a oferta de itens pertencentes à empresa vencedora da licitação: Brasil Kirin.

A proibição repercutiu negativamente entre segunda e terça-feira nas redes sociais, veículos de comunicação locais e nacionais e também nos canais oficiais da Prefeitura de Florianópolis.

“A iniciativa da Sesp foi bem intencionada, marcas anteriores exploravam o serviço sem qualquer contrapartida. No entanto, tem que valer mais forte a vontade da população, e as redes sociais são um instrumento poderoso para ouvi-la. O que faremos é garantir que não apenas um grande grupo imponha seus produtos, mas que exista diversidade de opções”, explicou o prefeito em sua página no Facebook.

O titular da Sesp, Eduardo Garcia, acrescenta a necessidade de readequação de termos do contrato com a Brasil Kirin no que diz respeito, principalmente, ao item de exclusividade.

Política

Salário mínimo vai para R$ 880 em 2016

A partir do dia 1° de janeiro, o salário mínimo no país será R$ 880,00 — um aumento de pouco mais de 11,5% em relação a este ano.

O decreto foi assinado pela presidente Dilma Rousseff nesta terça-feira e será publicado amanhã no Diário Oficial da União.

O governo afirmou, em nota, que o reajuste dá continuidade “à sua política de valorização do salário mínimo, com impacto direto sobre cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados, que atualmente recebem o piso nacional”.

Destaque

Papa Francisco: Ateus que seguem própria consciência serão bem vindos no céu

Mais um comentário de Papa Francisco elevou a popularidade do líder religioso, que tem sido considerado um dos sacerdotes mais adorados que comandou a Igreja Católica. Desta vez, em uma carta aberta ao fundador do jornal italiano ‘La Reppublica’, Eugenio Scalgari, ele escreveu que Deus perdoaria aqueles que não creem, caso eles tenham seguido suas consciências durante a vida.

Em resposta a uma série de perguntas feitas por Scalgari, Francisco escreveu: “Você me perguntou se o Deus dos cristãos perdoa aqueles que não acreditam nele e que não buscam o perdão. Eu começo – e isto é uma coisa fundamental – dizendo que o perdão de Deus não tem limites se você vai a ele com um coração sincero e penitente. O problema para esses que não creem em Deus é obedecer a consciência”.

Política

De 3 mil cargos que seriam extintos por Dilma, só 346 foram cortados

A reforma administrativa anunciada pela presidente Dilma Rousseff no início de outubro, prevendo reduções de salários, de ministérios, de secretarias especiais e de cargos comissionados, mal saiu do papel.

Pressionada a enxugar a máquina pública para cobrir o déficit de R$ 30,5 bilhões previsto na ocasião no Orçamento de 2016, a presidente prometeu cortar ministérios e reduzir número de cargos de confiança, mas, até agora, os cortes foram pífios.

Dos 3 mil cargos que seriam extintos, segundo Dilma, apenas 346 foram efetivamente cortados. Das trinta secretarias, só sete deixaram de existir.

Dilma, o vice Michel Temer e os ministros teriam seus salários reduzidos de R$ 30.934,70 para R$ 27.841,23. Isso também ainda não aconteceu. A previsão do governo era economizar com esses cortes R$ 200 milhões. O montante alcançado até agora foi de apenas R$ 16,1 milhões.

O governo explica que a redução de salários depende do Congresso. Dilma enviou o pedido dias depois do anúncio da medida, porque é preciso editar um decreto legislativo para reduzir vencimentos. Mas o decreto ainda não foi apreciado pelos congressistas. Quanto aos demais cortes, a explicação de auxiliares de Dilma é que a necessidade de negociar cargos com aliados em troca de apoio na Câmara, em meio à abertura do processo de impeachment, paralisou a reforma.

Cultura / Turismo

Folha de S. Paulo destaca a sombra dos arranha-céus em Balneário Camboriú

O jornal Folha de S.Paulo destacou pela terceira vez, nos últimos quatro anos, a sombra que os imensos arranha-céus estendem sobre as areias da Praia Central, em Balneário Camboriú. Na edição de fim de semana, o jornal trouxe uma reportagem assinada pelo repórter Felipe Bachtold que fala sobre a corrida das construtoras rumo às alturas e as consequências velhas conhecidas de quem frequenta a cidade, como os corredores de vento que se formam nas estreitas ruas transversais.

No texto, destaque para o Yachthouse, da Pasqualotto em parceria com a Pininfarina, que pretende chegar aos 275 metros de altura e deve ficar pronto em 2019. Em segundo lugar aparece o Infinity Coast, da construtora FG, com previsão de 240 metros de altura e sem data de entrega (vale dizer que a prefeitura informou que alguns projetos ainda estão sob análise).

A lista é completada pelo Millenium Palace, da FG, com 186 metros de altura e atual recordista brasileiro _ seguido de perto pelo Villa Serena, da Embraed, com 141 metros e que ostentou o título de maior residencial do país até a conclusão do Millenium.

Política

Governo ‘terceiriza’ financiamento de programas como Minha Casa e Pronatec

As duas principais vitrines eleitorais do governo Dilma Rousseff, o Minha Casa Minha Vida e o Pronatec, deixarão de ser bancadas com recursos do Tesouro Nacional em 2016. De todas as receitas previstas para o Minha Casa Minha Vida no próximo ano, 90% deverão vir do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), fonte de recursos formada com os 8% descontados todo mês dos salários de cada trabalhador com carteira assinada. Não são, portanto, recursos públicos.

A remuneração do fundo para o trabalhador é de 3% ao ano mais Taxa Referencial (TR), muito abaixo da inflação, que já está em dois dígitos. “O governo pediu uma intervenção no Minha Casa Minha Vida. Agora quem paga esse programa são os trabalhadores brasileiros e isso tem de ficar claro para a população”, diz Luigi Nese, representante da Confederação Nacional de Serviços (CNS) no conselho curador do FGTS.

O órgão, cuja metade dos membros é indicada pelo governo, aprovou o repasse, em setembro, até para obras em andamento, com o argumento de que era preciso salvar os empregos da indústria da construção. Nese afirma que o FGTS vai gastar R$ 30 milhões em propaganda para informar os trabalhadores de que o dinheiro do FGTS está sendo usado, a fundo perdido, no Minha Casa.

Outro programa na corda bamba em 2016 se não fossem recursos privados é o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), voltado para o ensino técnico e profissional. A presidente prometeu, durante a campanha, que abriria 12 milhões de novas vagas no programa. Com os cortes no Orçamento, o governo, depois de eleito, diminuiu a meta para 5 milhões.

Cultura / Turismo

Ponte Hercílio Luz sem fogos de artifício na virada do Ano-Novo

Uma das mais tradicionais imagens de fim de ano em Florianópolis não irá ocorrer nesta festa da virada para 2016. O Deinfra não deu autorização para a empresa que monta o espetáculo pirotécnico do Réveillon instalar a tradicional cascata de fogos na Ponte Hercílio Luz.

A justificativa é que o local está transformando em um canteiro de obras, com fiação e material para uso no restauro da estrutura à mostra. Para o Deinfra, qualquer atividade com risco de incêndio deve ser evitada sobre a ponte.
A prefeitura acatou a determinação em nome da segurança.

Marcelo Kokote, da Visionshow, empresa responsável pelo espetáculo, diz que a proibição da ponte não afetará o espetáculo. Pelo contrário: serão seis balsas na Beira Mar Norte, duas na Beira Mar Continental e uma estrategicamente colocada próxima da Hercílio Luz.

O show de 19 toneladas de fogos de artificio terá duração de 22 minutos e será piro musical, sincronizado artisticamente com o ritmo das trilhas musicais, com destaque para o “Rancho de Amor à Ilha”.

Cultura / Destaque / Política

Emoção e agradecimentos marcaram a última reunião que contou com o trabalho de Claudete Sávio Simas

As merecidas e publicas homenagens ocorreram na Entrega do título de Cidadã Benemérita de Urussanga, no último dia 02, em Sessão Solene realizada nas dependências da Sociedade Recreativa Urussanga.

E na verdade durante todo o ano de 2015, nos corredores da Casa do Povo, já se falava com um ar saudosista deste dia, desta data que chegaria, o dia em que “Dona Claudete”, deixaria de compor o quadro de servidores do Legislativo Urussanguense depois de 35 anos de uma atuação irretocável.

Na noite desta terça-feira (23), um misto de sentimento de agradecimento e uma certa tristeza marcaram os minutos finais da reunião ordinária que desde do seu início inclinava-se para este momento.

Claudete foi chamada junto a mesa diretora e com a visível emoção que trazia desencadeou nos demais a mesma reação.

A servidora detentora de tanto conhecimento que nunca abriu mão da humildade e verdade em seus atos, recebeu mais uma homenagem da atual legislatura, no entanto, o mais marcante foram os depoimentos de alguns dos edis que a agradeceram ao mesmo tempo que admitiram que muito do sabem hoje sobre o ato de legislar aprenderam com a mesma.

Este site, demonstra aqui o mesmo reconhecimento e agradece a “Claudete Sávio Simas”, pelas incontáveis vezes que a consultou sem nunca encontrar uma atitude que não fosse própria de uma profissional que merece todas essas homenagens.