Blog do Paulo Matias

Cultura / Política / Turismo

Despoluição do Rio Salto é confirmada com liberação de R$ 150 mil

A despoluição do Rio Salto, em Urussanga, foi confirmada com a liberação de um recurso de R$ 150 mil, oficializada pelo Secretário de Desenvolvimento Sustentável de Santa Catarina, Carlos Chiodini, em audiência realizada na tarde desta quarta-feira (26), em Florianópolis.

O idealizador do projeto é o vereador Odivaldo Bonetti que teve o apoio do deputado estadual, Valmir Comin na conquista deste pleito. A previsão é de que o recurso seja liberado ainda este ano.
De acordo com o vereador, a ideia é não só despoluir, mas principalmente avaliar o potencial hídrico da microbacia e identificar quais as fontes que contribuem diretamente na alteração da qualidade da água.

Segundo Bonetti, já foi realizado um estudo inicial de avaliação feito pelo Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas (IPAT) da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) do que é necessário se fazer para que se tenha um diagnóstico ambiental do rio. “Temos que pensar no amanhã. Em muitos lugares já temos crises de falta de água, nunca é tarde para planejar e despoluir”, disse o vereador.

Comin lembrou todas as situações que aconteceram ao longo dos anos e resultaram na poluição de muitos rios na cidade, além deste em questão. “A recuperação ambiental é o melhor e mais correto caminho a seguir. Nosso papel é trabalhar para desfazer o que já é realidade nesta microbacia. Excelente projeto do vereador que tem nosso incondicional apoio”, resumiu o deputado.